3ª Rodada do Brasileirão cheia de emoção, uma virada sensacional do Flu

66

A terceira rodada do Campeonato Brasileiro de 2019 foi cheia de emoções. Iniciada ainda no sábado, 4, com três jogos, a competição começou a ganhar forma, principalmente no tocante a tabela de classificação. Passadas as três primeiras sequências de jogos, os clubes já começaram a fixar posições e quem tem se dado melhor até aqui é o Atlético Mineiro. Com 100% de aproveitamento, o Galo figura sozinho na ponta do torneio e com 2 pontos de vantagem para os times mais próximos.

Foi do Alvinegro mineiro, inclusive, um dos primeiros jogos da rodada. Em Fortaleza, no estádio Castelão, o time do técnico Rodrigo Santana encarou o Ceará. A partida começou de forma dramática, com os donos da casa abrindo 1 a 0 aos 23 minutos pelos pés do atacante Ricardo Bueno. A reação do Galo surgiu dois minutos depois, aos 25, com Nathan. No fim do jogo, aos 47 do 2º tempo, Jair garantiu a vitória atleticana.

Outro jogo realizado no sábado foi Palmeiras x Internacional. No Allianz Parque, em São Paulo, o Verdão levou a melhor diante do Colorado e venceu por 1 a 0. O único gol do jogo foi marcado pelo atacante Deyverson, aos 13 minutos da etapa inicial. No Rio de Janeiro, Vasco x Corinthians fecharam os jogos do dia 4. Eles empataram em 1 a 1. Mateus Vital fez para o Timão aos 16 do primeiro tempo, e Maxi López empatou para o Vasco aos 38 minutos, cobrando penalidade máxima.

Já no domingo, 5, o Campeonato Brasileiro foi retomado bem cedo. Às 11h, Chapecoense e Athletico Paranaense se enfrentaram na Arena Condá, em Chapecó. O jogo reservou as melhores emoções para os 15 minutos finais. Aos 30 do segundo tempo, Rony abriu o placar em favor do Furacão, mas Everaldo, aos 43 minutos, já no apagar das luzes, garantiu o empate para o Verdão catarinense.

Na parte da tarde, quatro duelos movimentaram a terceira rodada do Brasileirão. Em Maceió, o recém-promovido CSA recebeu o Santos no estádio Rei Pelé, na capital alagoana. O jogo teve amplo domímio de posse de bola santista, mas o ferrolho defensivo do Azulão evitou qualquer furo, ficando o duelo empatado sem gols até o apito final. No Morumbi, São Paulo e Flamengo também empataram, mas em 1 a 1. Berrío fez para o Fla, e Tche Tchê guardou para o Tricolor.

No estádio Mineirão, em Belo Horizonte, o Cruzeiro recebeu o Goiás e venceu por 2 a 1. Dedé, aos 3 minutos do segundo tempo, abriu o placar para a Raposa. Michael, aos 11, empatou para o Esmeraldino. Aos 32 minutos, o potiguar Rodriguinho fez de cabeça e assegurou o triunfo celeste. Já no Rio de Janeiro, no estádio Nilton Santos, o Botafogo venceu o Fortaleza pelo placar mínimo: 1 a 0. Alex Santana, aos 24 minutos, foi o responsável pelo gol da vitória carioca.

A rodada foi finalizada com dois jogos iniciando às 19h. Em Porto Alegre, Grêmio e Fluminense se enfrentaram e protagonizaram o melhor jogo da rodada, com viradas espetaculares. O Grêmio abriu 3 a 0 com André, Everton e Jean Pyerre. O Fluminense virou com Yony Gonzalez, Luciano, Matheus Ferraz e Pedro. O Grêmio empatou com Kannemann, 4 a 4. Mas Yony Gonzalez, aos 46 da etapa final, fechou em 5 a 4 para o Tricolor carioca… Por fim, Bahia e Avaí mediram forças na Arena Fonte Nova, em Salvador, e o Esquadrão de Aço venceu por 1 a 0, gol de Artur.

Agorarn