Aumento nas notas gerais do Enem para alunos de escolas do RN

103

O Rio Grande do Norte tem duas escolas entre as 200 unidades de ensino com as melhores médias no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O resultado é fruto do aumento das notas nas provas objetivas dos colégios potiguares.

Melhor colocada entre as escolas do Rio Grande do Norte, com o 28º lugar, a escola Ciências Aplicadas alcançou média geral de 682,93 pontos nas provas objetivas e de 816,82 na redação. Segundo o ranking, a média das objetivas da escola aumentou 12 pontos em três anos. Na avaliação feita em 2014, a resultado médio foi de 670 pontos.

“Trabalhamos no colégio em cima das competências e habilidades. Temos uma nova forma de abordar o conteúdo. O foco é em como a informação é levada para o cotidiano. Já fazemos isso há quatro anos”, detalha o Jonas Filho, professor de biologia da escola Ciências Aplicadas.

A nota média das escolas leva em consideração as quatro áreas de conhecimento das provas objetivas (linguagens, matemática, ciências da natureza e ciências humanas). “A escola é muito forte no ensino de ciências da natureza. Estamos entre as dez melhores unidades de ensino do país nesta área de conhecimento. É algo que vem impulsionando a escola para os bons resultados”, reforça Jonas Filho.

O docente acredita que as mudanças da nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ensino Médio, previstas para 2019, não irá causar impactos nas notas do Enem. “Nossa estrutura é bem enxuta. Podemos modificar a estrutura rapidamente. Com rapidez, nós podemos nos ajustar ao que está pedindo o currículo”, justifica.

Outro exemplo de avanço no desempenho no Enem foi do Over colégio e Curso. A escola saiu do sétimo lugar geral no Rio Grande do Norte, com média de 603,3 pontos nas objetivas, ainda em 2014, para uma média de 647,87. O aumento de mais de 40 pontos elevou a escola para o segundo lugar geral entre as unidades de ensino potiguares. No ranking nacional, o colégio está em 173º.

Para Carlos André, diretor do Over Colégio e Curso, o resultado decorre do investimento no ensino. “Nossa missão é levar educação de qualidade ao maior número possível de pessoas. Sempre confiamos que quanto mais tempo o aluno permanecesse dentro de nossa instituição, melhor seria o nosso resultado nacional”, analisa.

O diretor também avalia que o foco inicial da escola, com planejamento voltado para as provas do Enem e do antigo vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), também ajudaram a escola a se estabelecer entre os colégios com as melhores avaliações. “O grande segredo é construído na base, queremos formar um cidadão global, temos investido muito em educação emocional, ensino bilíngue, ou seja, em uma formação completa muito além da força ‘conteudista’ que está em nosso DNA original”, revela.