Cada medalha brasileira na Rio-2016 teve o custo de R$ 194 milhões

391

jeff1Em casa, com o apoio maciço da torcida e amparados pelo maior investimento financeiro já feito por entes públicos no esporte em um ciclo olímpico: R$ 3,68 bilhões. Mesmo assim, os esportistas brasileiros não atingiram a meta estabelecida pelo COB (Comitê Olímpico do Brasil) de terminar os Jogos do Rio de Janeiro entre os dez primeiros, considerando o critério do total de medalhas, independentemente da cor de cada uma. Neste domingo (21), ao não medalhar na maratona masculina, o país se viu impedido de terminar o maior evento multiesportivo do planeta à frente do Canadá, décimo na tábua de medalhas, com 22.

Com a vitória da seleção masculina de vôlei, o Brasil encerrou sua participação com 19, na 12ª colocação, empatado com a Holanda. Uma posição à frente (11ª), ficou a Coreia do Sul (21 medalhas). Uma atrás, a Nova Zelândia (18). Cada uma das medalhas do Brasil na Rio-2016 teve um custo de quase R$ 194 milhões, ou pouco mais que o necessário para construir o Centro Olímpico de Tênis, complexo usado pelo esporte nos Jogos Olímpicos, que conta com dez quadras –a principal para 10 mil espectadores.

Folha