Com triplo e duplo homicídios, PM registra noite violenta no RN

777

Oito pessoas foram mortas a tiros entre a noite da terça (15) e madrugada desta quarta-feira (16) no Rio Grande do Norte. Somente na região Metropolitana da capital, foram sete assassinatos: três em Natal, dois em Parnamirim, um em Ceará-Mirim e outro em São José do Mipibu. O oitavo homicídio foi registrado em Mossoró, na região Oeste do estado. Segundo a Polícia Civil, ninguém foi preso.

Em Natal, o triplo homicídio aconteceu por volta das 19h no bairro Planalto, Zona Oeste da cidade. Segundo o delegado plantonista Marcos Vinícius, homens encapuzados invadiram um imóvel onde funcionava um suposto comércio de drogas e mataram um casal que estava em um quarto. Morreram Francisco das Chagas da Cruz, de 26 anos, e uma mulher chamada Jeane. Um adolescente de 14 anos, identificado como Genilson Félix da Silva, ainda tentou correr, mas também foi baleado e morreu em um terreno na frente da casa.

Outras duas pessoas que também estavam na residência foram atingidas e socorridas para o hospital. Uma delas é irmão de Francisco. O estado de saúde dele é considerado grave. A PM ainda fez buscas pelos criminosos, mas nenhum suspeito foi encontrado. A polícia acredita em acerto de contas em razão do tráfico de drogas na região.

Pouco tempo depois, por volta das 20h20, dois homens foram mortos dentro de um carro que trafegava pela Av. Paulo Afonso, no bairro Monte Castelo, em Parnamirim. A polícia acredita que o assassino estava dentro do carro com as vítimas. Após os disparos, o carro ficou desgovernado e bateu em uma árvore. Dentro do automóvel, um Gol, morreram Francisco Adeildson Avelino da Silva, de 27 anos, e um homem que não portava documentos. Neste caso, ainda não ha pistas sobre a motivação só crime. Ninguém foi preso.