Fifa anuncia novo Mundial de Clubes: Europa terá oito representantes, e América do Sul seis

109
SP - CORINTHIANS X PONTE PRETA / CAMPEONATO PAULISTA 2017 - ESPORTES - Ônibus do time da Ponte Preta, chega ao Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), onde a equipe enfrentará o Corinthians na primeira partida da decisão do Campeonato Paulista, na tarde deste domingo, 30. 30/04/2017 - Foto: LEONARDO BENASSATTO/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

A Fifa anunciou nesta sexta-feira a criação de um novo Mundial de Clubes, a ser disputado a cada quatro anos, com a presença de 24 times. A primeira edição será organizada em junho e julho de 2021, em local a ser definido, ocupando a janela deixada pela Copa das Confederações no calendário mundial.

A nova competição terá 24 clubes: oito da Europa, seis da América do Sul e as demais divididas entre os demais continentes. A Fifa deixou para cada confederação continental definir os critérios de classificação ao Mundial.

– Houve muitas discussões construtivas, com o presidente da Uefa. Estamos avançando nesse assunto. Temos a responsabilidade de tomar decisões, e tomamos a decisão, e nas próximas semanas essas discussões vão dar frutos. Hoje há clubes que representam mais do que uma cidade, um país. Há clubes que são internacionais, têm fãs por todos os lados. Será importante para eles tentar ser campeões mundiais – afirmou o presidente da Fifa, Gianni Infantino.