O salário mínimo em 2018 deve ser de R$ 965

179

O salário mínimo em 2018 deve ser de R$ 965. O valor faz parte da proposta orçamentária para o ano que vem, que foi aprovada na noite desta quarta-feira, 13, pelo Congresso Nacional. O valor representa um aumento de 3% sobre o piso atual, de R$ 937.

O número definitivo do salário mínimo só será conhecido quando o presidente Michel Temer assinar o decreto atualizando o piso, com base na legislação, o que deve ocorre no fim deste ano.

A primeira previsão do governo apontava um mínimo de R$ 979 e, em seguida, o valor passou para R$ 969. Desde outubro, no entanto, os cálculos apontam para R$ 965, ou seja, R$ 14 a menos do que o índice inicial. O valor é definido por um cálculo que leva em conta a inflação do ano anterior e o crescimento do PIB de dois anos antes.

Além do piso, o Orçamento da União de 2018 aprovado é de R$ 3,5 trilhões, incluindo o refinanciamento da dívida pública. Pela proposta, será destinado R$ 1,7 bilhão para o fundo eleitoral que financiará as campanhas.

Ainda no texto, está prevista a destinação de R$ 250 milhões para a implantação do voto impresso, exigência aprovada na reforma política que passou no Congresso em outubro. Os gastos com a Previdência Social ficam em R$ 585 bilhões, enquanto o pagamento com juros da dívida pública alcança R$ 316 bilhões.

O projeto vai à sanção prevendo um déficit primário de R$ 157 bilhões para o governo federal no próximo ano. O número é um pouco menor do que os R$ 159 bilhões determinados pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) como meta fiscal para o próximo ano.