Procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pede para arquivar investigações sobre deputado federal Fábio Faria

83

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para arquivar uma investigação sobre o deputado Fábio Faria (PSD-RN – foto), aberta com base na delação premiada de Ricardo Saud, ex-executivo do grupo J&F.

O inquérito apura as suspeitas de corrupção passiva e caixa dois, ou seja, fraude na prestação de contas ao deixar de declarar valores recebidos, crime previsto no Código Eleitoral.

No pedido, a PGR afirma que o delator não apresentou documentos que comprovassem os ilícitos narrados na colaboração.