Suspeito de participar de assalto a sargento da PM foi retirado de ambulância e assassinado no RN

311

Um homem suspeito de ter participado de uma tentativa de assalto à residência de um policial militar foi retirado de dentro de uma ambulância e executado a tiros no meio da estrada. O veículo pertence ao hospital de Brejinho, cidade localizada na região metropolitana de Natal, e transportava o paciente para a capital potiguar. Uma viatura da Polícia Militar fazia a escolta do carro, no entanto, quebrou momentos antes de um outro veículo se aproximar e interceptar a ambulância.

Segundo informações do hospital de Brejinho, o suspeito e um outro homem abordaram uma ambulância que se dirigia a Brejinho. Eles obrigaram os pacientes a saírem do veículo e o motorista foi forçado a prestar socorro ao suspeito, que estava ferido. O segundo homem não seguiu para Brejinho e ainda é procurado.
Em Brejinho, o suspeito recebeu os primeiros socorros e o estado de saúde foi estabilizado. Mesmo assim, ele precisou ser transferido para Natal e foi colocado em uma outra ambulância. Uma viatura da PM foi acionada para escoltar o paciente até a capital.
No meio do caminho a viatura quebrou e a ambulância seguiu para Natal sem a escolta. Pouco tempo depois a ambulância foi interceptada e homens armados saíram de dentro de um carro atirando na ambulância, que parou.
Os criminosos tiraram o suspeito da ambulância e o executaram. O motorista ficou em estado de choque, mas não foi ferido. Os bandidos, quatro homens em um carro de cor preta, fugiram em seguida.
Em contato com a TRIBUNA DO NORTE, a assessoria de comunicação social da Polícia Militar do RN informou que vai instaurar um processo administrativo para apurar o motivos para esclarecer a danificação da viatura.