Análise: 83,5 % dos estudantes não dominam o português nem para assumir vaga de estágio

Redes Sociais


Segundo pesquisa do Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube), 83,5% dos estudantes que se candidatam a uma vaga de estágio são reprovados nos processos seletivos por falta de conhecimento de português. Além dos resultados do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) deixarem claro que a língua portuguesa é uma disciplina que poucos estudantes brasileiros dominam, o Nube apresenta dados de um estudo amplo, analisando o desempenho de 59.776 candidatos a vagas de estágio.

Apenas 16,5% apresentaram nível gramatical suficiente para preencher as vagas. Ou seja, de cada dez estudantes, menos de dois reúnem o conhecimento necessário para serem aceitos em uma fase de preparação para o mercado de trabalho. Sendo assim, não é difícil concluir como será a vida profissional desses brasileiros.

E como se o resultado acima não fosse ruim o bastante, um dado consegue ser ainda mais alarmante: os estudantes de pedagogia estão entre os piores desempenhos. Apenas 6,5% deles tiveram uma boa performance. Diante do fato de que quase 94% dos futuros professores e educadores não têm o conhecimento necessário da língua portuguesa – nem sequer para preencher uma vaga de estágio.

O cenário mostra o impacto dos dois últimos anos de pandemia no desempenho escolar da maioria dos brasileiros, afinal, houve um aumento de 67% de reprovação em relação ao último dado divulgado, em 2019, quando o índice era de 50%. Isso pode ter sido causado pelas aulas a distância sem um acompanhamento eficiente dos alunos.

R7


Redes Sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.