Após alta de internações por Covid-19, Estado se reúne com municípios para evitar falta de oxigênio no RN

Após alta de internações por Covid-19, Estado se reúne com municípios para evitar falta de oxigênio no RN
Redes Sociais

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) vai se reunir na tarde desta quarta-feira, 17, com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Norte (Cosems/RN), após solicitar, na sexta-feira, 12, informações mais detalhadas sobre a necessidade de abastecimento de oxigênio. Foi constatado um aumento de 15% na demanda do insumo, que saltou de 200 mil m³ por mês, para 230 mil m³, entre dezembro de 2020 e março de 2021.

O aumento está relacionado com a maior quantidade de internações de pacientes com Covid-19, e abertura de mais leitos no estado. Os municípios que sinalizaram risco de futura escassez são Macaíba, São José do Mipibu, Ceará-Mirim, Parnamirim e Guamaré. As informações solicitadas pela pasta são sobre a necessidade de oxigênio em cada município, a média de consumo e a quantidade de cilindros utilizados. Esses dados serão discutidos com a White Martins, fornecedora dos gases medicinais para os hospitais e outras unidades da rede da Sesap, para estabelecer medidas para o abastecimento em todo o estado.

A Sesap afirmou em nota que tem se reunido semanalmente com a fornecedora de oxigênio para tratar do abastecimento no estado, atuando em parceria com municípios que requisitam apoio aos seus hospitais e unidades de saúde, investiu na manutenção dos tanques de oxigênio de todas as unidades hospitalares de gerência estadual e vem mantendo o abastecimento regular e afastando a perspectiva da falta de oxigênio.

Agora RN


Redes Sociais

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *