As incertezas que nos cerca com o Covid-19

As incertezas que nos cerca com o Covid-19
Redes Sociais

Estamos chegando ao final de mais um ano, que ano, quantas angustias, tristezas, sofrimentos, irresponsabilidades politicas na saúde e do povo, sim, o mais atingido principalmente aqueles que ignoraram a ciência e desrespeitaram as orientações a eles dadas.

A doença de coronavírus 2019 (COVID-19, do inglês coronavirus disease) nome oficial da doença de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) resulta em doença respiratória grave como pneumonia e insuficiência pulmonar, além de manifestações digestivas e sistêmicas. Essa praga que matou milhões de pessoas no mundo inteiro e continua matando.

Não acabou, nada mudou apenas estão surgindo novos nomes, mais o pseudônimo é o mesmo. Em seu site, a Organização Mundial da Saúde (OMS) disse ter identificado as melhores práticas para a nomenclatura de novas doenças humanas, “com o objetivo de minimizar o impacto negativo desnecessário de nomes de doenças no comércio, viagens, turismo ou bem-estar animal”. Foi assim que essa última variante do coronavírus se tornou chamada Ômicron.

Batizada de Ômicron, a cepa possui uma “constelação incomum” de mutações com impactos ainda em estudo sobre a transmissão da covid-19. Classificada como uma “variante de preocupação” pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a Ômicron já foi identificada em países de cinco continentes.

Quanto tempo o coronavírus (COVID-19) sobrevive nas superfícies?

Não se sabe. Já existem alguns estudos preliminares sobre quanto tempo o vírus que causa a COVID-19 sobrevive na superfície – ele parece se comportar como outros coronavírus. Esses estudos sugerem que os coronavírus (incluindo informações preliminares sobre o vírus que causa a COVID-19) podem persistir nas superfícies por algumas horas. Isso pode variar sob diferentes condições, como o tipo de superfície, temperatura ou umidade do ambiente.

Caso você suspeite que uma superfície pode estar contaminada, limpe-a com um desinfetante simples para matar o vírus e proteger a si e aos outros. Higienize as mãos com álcool gel a 70% ou água e sabonete. Evite tocar nos olhos, boca ou nariz.

Como ocorre a transmissão do novo coronavírus?

A transmissão ocorre, principalmente, de pessoa para pessoa e seu período de incubação, que é o tempo para que os primeiros sintomas apareçam, pode ser de 2 a 14 dias.

Formas de contágio:
– gotículas de saliva;
– espirro;
– tosse;
– catarro;
– contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;

Faça sua parte e não se preocupe com o que vão falar, é melhor rir da piada que chorar com a dor.

djaildo.com


Redes Sociais

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.