Bolsonaro repete ‘Dilma com Lula’ ao criar ministério para Pazuello

Bolsonaro repete ‘Dilma com Lula’ ao criar ministério para Pazuello
Redes Sociais

Sem conseguir lugar para Eduardo Pazuello na Presidência da Republica, Jair Bolsonaro resolveu criar o Ministério Extraordinário da Amazônia para abrigar o general três estrelas.

O objetivo está escancarado: manter o foro privilegiado do militar que é investigado pelo caos no enfrentamento da pandemia de Covid.

Bolsonaro repete Dilma tentando acomodar Lula na Casa Civil para protegê-lo da Lava Jato, no célebre episódio da gravação em que ela encarrega o assessor “Bessias” (Jorge Messias) de entregar o termo de posse ao ex-presidente, que era alvo da Lava Jato.

Bolsonaro já tentou fazer algo semelhante quando quis nomear Alexandre Ramagem para o comando da Polícia Federal, mas a tentativa foi barrada por Alexandre de Moraes a pedido do PDT.

O Antagonista.


Redes Sociais

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *