UFRN lança edital de concurso público com 103 vagas; Remuneração de até R$ 4.180,66

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN),por meio da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp), lançou o edital de novo concurso público ofertando 103 vagas para Técnico-Administrativos em Educação, voltado para cargos de nível superior, médio e técnico.

SOBRE AS VAGAS CONCURSO UFRN

O salário-base dos cargos ofertados varia entre R$ 1.945,07 e R$ 4.180,66, a depender do nível de classificação (C, D ou E). De acordo com o edital, as oportunidades serão distribuídas para os seguintes cargos:

Cargos de nível “E” – (Remuneração: R$ R$ 4.180,66 + R$ 458,00 de auxílio alimentação) e (Para os cargos de Médico remuneração: R$ 4.180,66 + R$ 229,00 de auxílio alimentação)

  • Analista de Tecnologia da Informação
  • Desenvolvimento – 1 vaga
  • Segurança da Informação – 1 vaga
  • Assistente Social – 2 vagas
  • Biomédico – 2 vagas
  • Engenheiro
  • Mecânica – 1 vaga
  • Civil (hidrosanitário) – 1 vaga
  • Civil (estrutural) – 1 vaga
  • Elétrica – 1 vaga
  • Enfermeiro (obstetrícia) – 1 vaga
  • Fisioterapeuta – 1 vaga
  • Técnico em Assuntos Educacionais – 4 vagas
  • Pedagogo – 1 vaga
  • Médico Veterinário – 1 vaga
  • Médico
  • Cirurgia Geral – 1 vaga
  • Cardiologia – 1 vaga
  • Gastroenterologia – 1 vaga
  • Neurologia – 1 vaga
  • Infectologia – 1 vaga
  • Químico – 1 vaga
  • Cargos de nível “D” –  (remuneração: R$ R$ 2.446,96 + R$ 458,00 de auxílio alimentação)
  • Técnico em Enfermagem – 3 vagas
  • Técnico em Tecnologia da Informação – 13 vagas
  • Técnico de Laboratório
  • Mecânica – 1 vaga
  • Edificações – 1 vaga
  • Análises Clínicas – 1 vaga
  • Parasitologia – 1 vaga
  • Metrologia – 1 vaga
  • Petróleo e Gás – 1 vaga
  • Assistente em Administração – 54 vagas
  • Técnico em Contabilidade – 2 vagas

Cargos de nível “C” – (remuneração: R$ R$ 1.945,07 + R$ 458,00 de auxílio alimentação)

  • Assistente de Alunos – 1 vaga

DAS ETAPAS

Os conteúdos programáticos para todas as provas do concurso serão disponibilizados na página da Comperve a partir do dia 15 de setembro. Os candidatos serão avaliados quanto a conhecimentos básicos e específicos, mediante aplicação de provas objetivas e discursivas (redação) e prática, de caráter eliminatório e classificatório, a depender do cargo. As provas estão previstas para o mês de janeiro de 2023, nos municípios de Natal, Caicó, Currais Novos, Santa Cruz e Mossoró.

COMO SE INSCREVER NO CONCURSO UFRN

A inscrição será feita, exclusivamente, via internet, a partir das 8h00min do dia 17 de outubro de 2022 até às 23h59min do dia a 21 de novembro de 2022, observados o horário local de Natal.

As taxas de inscrição variam de acordo com o nível do cargo pretendido. Veja abaixo:

  • R$ 80,00 para cargos de nível “C”;
  • R$ 100,0 para cargos de nível “D”;
  • R$ 150,00 para cargos de nível “E”.

A solicitação de isenção será realizada no período de 17 de outubro a 06 de novembro de 2022.

Durante a validade do concurso, caso surjam novas vagas além das ofertadas, os candidatos serão designados para qualquer das Unidades da UFRN (Natal/RN, Macaíba/RN, Caicó/RN, Currais Novos/RN, Santa Cruz/RN), segundo critério administrativo. O edital está disponível no Boletim de Serviço 157/2022, da UFRN e será publicado no Diário Oficial da União (DOU) nesta sexta-feira, 26.

Clique aqui para acessar o edital

Propostas impactam no Fundeb e salários do magistério

Duas propostas entregues à Comissão de Transição do futuro governo Lula (PT) — se acatadas — impactarão a curto prazo e positivamente nos recursos do Fundeb e nos salários dos profissionais do magistério, em particular da educação básica de estados, DF e municípios. As duas importantes ideias são de autoria da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

A primeira propõe taxar lucros e dividendos de pessoas físicas e jurídicas para ajudar a cobrir quase a metade do atual rombo do Orçamento da União previsto para 2023, além de beneficiar estados e municípios através do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que integram o Fundeb e os 25% de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (MDE). O Fundeb, como se sabe, é o principal fundo que mantém as escolas públicas e a remuneração de seus profissionais.

A segunda proposta sugere revisão das alíquotas de ICMS, um dos principais impostos que compõem a cesta do Fundeb. Medida é essencial para a recuperação de receitas perdidas após rebaixamento desse imposto de forma artificial pelo governo Bolsonaro.

Fonte: Dever de Classe

Enem 2022: quem perdeu a prova tem até hoje para pedir reaplicação e fazê-la em nova data

Termina nesta sexta-feira (25) o prazo para pedir a reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Pode solicitar reaplicação quem perdeu alguma das aplicações dos dias 13 e 20 de novembro, por problemas logísticos, como falta de energia no local de aplicação, ou sintomas de doenças infectocontagiosas, como covid-19.

No caso de ausência por sintomas de doenças, o candidato vai ter que comprovar com um atestado médico. Em relação a problemas logísticos, as solicitações vão ser avaliadas de acordo com as possíveis intercorrências registradas.

Agora, quem faltou às provas por outras razões que não estão previstas no edital, não tem direito à reaplicação.

No caso de ausência por sintomas de doenças, o candidato vai ter que comprovar com um atestado médico. Em relação a problemas logísticos, as solicitações vão ser avaliadas de acordo com as possíveis intercorrências registradas.

Agora, quem faltou às provas por outras razões que não estão previstas no edital, não tem direito à reaplicação.

Inep disponibiliza gabaritos do Enem 2022, confira

Os gabaritos oficiais das provas objetivas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022 estão disponíveis no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).  As provas foram aplicadas nos dois últimos domingos, dias 13 e 20 de novembro. Cerca de 2,5 milhões de estudantes participaram de pelo menos um dia de prova nas modalidades impressa ou digital. 

O Inep divulgou também os cadernos de prova completos com todas as questões aplicadas nesta edição do Enem, tanto impresso, quanto digital. O material está separado de acordo com as cores dos cadernos e por dia de aplicação. O exame teve uma questão de matemática anulada. O número da questão varia de acordo com o caderno.

Mesmo com os gabaritos das provas em mãos, ainda não será possível saber qual foi a nota da prova. Isso porque o Enem utiliza como método de correção a chamada teoria de resposta ao item (TRI). As notas variam de acordo com os acertos e erros dos alunos em cada prova.  Os resultados finais serão divulgados no dia 13 de fevereiro de 2023, na Página do Participante.

Após a divulgação dos resultados do Enem, serão abertas as inscrições para os processos seletivos que utilizam a avaliação como forma de ingresso no ensino superior, em data ainda a ser divulgada.

O Enem seleciona estudantes para vagas do ensino superior públicas, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (Prouni), e serve de parâmetro para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os resultados também podem ser usados para ingressar em instituições de ensino portuguesas que têm convênio com o Inep.

espelho da redação, com os detalhes das correções dessas provas, será divulgado apenas em abril, junto com as notas dos participantes treineiros, ou seja, daqueles que ainda não concluíram o ensino médio e fizeram o exame apenas para testar os conhecimentos. O tema deste ano foi Desafios para a valorização de comunidades e povos tradicionais no Brasil.

Os participantes do Enem que não puderam comparecer ao exame por problemas logísticos ou por estarem com covid-19 ou outra doença infectocontagiosa podem, até sexta-feira (25), pedir a reaplicação do exame. As provas serão reaplicadas nos dias 10 e 11 de janeiro de 2023. Cada pedido, que deverá ser feito na Página do Participante, será analisado individualmente.

Edição: Lílian Beraldo – Agencia Brasil

Professores de Cerro Corá participaram do SERIDÓEDUC

Pode ser uma imagem de 4 pessoas, pessoas em pé e texto que diz "PFITU fPREFEITURA CERRO CORÁ EDUCAÇÃO EM 1° LUGAR! PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO DE CERRO CORÁ PARTICIPAM DO 1° CONGRESSO DE EDUCAÇÃO DA REGIÃO SERIDÓ. CERROCORÁ or você! PREFEITURAM"

Professores de Cerro Corá participaram no ultimo dia 19 de novembro em Currais Novos do primeiro SERIDÓEDUC, evento que reuniu educadores das cidades do Seridó Potiguar e Paraibano. O mesmo se deu em clima de reflexão pedagógica e análise do novo contexto educacional, mas também foi eivado de muita alegria, com apresentações culturais realizada por alunos e professores do Centro Educacional Logos, sendo adicionada de inúmeras dinâmicas e sorteio de mimos para os participantes.

As três palestras foram articuladas pelos seguintes professores: Mestra Fátima Oliveira, docente da UNP, Mestra Nicole Pojo, Consultora executiva do Sistema de Ensino Positivo e o Mestre Emanuel Souto, professor da Universidade Federal de Pernambuco. O evento foi avaliado e ovacionado pelos participantes, que, em todo tempo, demonstravam contentamento e alegria, tanto pelo conteúdo, quanto pelo congraçamento e intercâmbio.

Quanto às cidades participantes, nos arriscamos a citar algumas: Currais Novos, Cerro Corá, Lagoa Nova, Frei Martinho, Nova Floresta, Acari, São Vicente, Carnaúba dos Dantas, Bodó e Caicó (O blog se desculpa, caso tenha sido omitida alguma). A finalização se deu em clima de gratidão, satisfação e certificação. Ao final foi anunciado a data para o SEGUNDO SERIDÓ EDUC, que ficou agendado para 19 de agosto de 2023. Todos os vídeos e fotos estão disponíveis no Instagram do evento: @seridoeduc.

Resultado do Gabarito do Enem 2022 sairá amanhã

Realizado nos dias 13 e 20 de novembro deste ano, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022, que dá acesso a instituições de ensino superior e políticas públicas como o Programa Universidade Para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), terá o gabarito oficial divulgado na quarta-feira, 23, às 18 horas, conforme informou o ministro da Educação, Victor Godoy, na manhã desta segunda-feira, 21. Os resultados com as notas individuais estarão disponíveis em 13 de fevereiro de 2023.

O documento poderá ser conferido na seção de “Provas e Gabaritos” do portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), pasta do MEC responsável pela execução da avaliação. No link, também é possível conferir o gabarito de edições anteriores do Enem.

A partir do dia de divulgação dos resultados, o MEC tem o prazo de 60 dias para permitir o acesso do participante ao espelho da redação. O documento vai ficar disponível também na Página do Participante.

Ao menos 3,4 milhões de pessoas se inscreveram para a versão impressa do Enem 2022. Ainda de acordo com os dados preliminares, ao menos 2,4 mil estiveram presentes no primeiro dia da avaliação, o que representa 72,1%. O primeiro dia de prova teve 27,9% de abstenção.

No segundo dia, compareceram pouco mais de 2,3 milhões, somando 68,1% de participantes presentes. Ou seja, 31,9% dos candidatos não foram realizar o exame.

No digital, 66,5 mil se inscreveram. Do total, 32,3 mil participaram do primeiro dia, atingindo 48,7% de presentes. No segundo dia, o número foi menor, ficando em 29,8 mil, representando 44,9%. Em ambas as datas, a abstenção ficou acima de 50%.

“O fato é que o Enem digital ainda não deslanchou. O Inep tem esse papel, essa missão de buscar de que maneira a gente consegue trazer tecnologia, trazer inovação e mais atratividade para isso. E também esse modelo de levar o computador para a sala de aula, para o aluno ter que fazer (o exame) na sala de aula, também torna o modelo não muito escalável porque ficaria muito difícil levar esses computadores para mais de 153 mil locais de aplicação”, afirmou o ministro.

No primeiro domingo de prova, os participantes responderam questões de linguagens e ciências humanas. No mesmo dia também escreveram a redação com o tema “Desafios para a valorização de comunidades e povos tradicionais no Brasil”.

Já no segundo dia, eles responderam questões de matemática e ciências da natureza (física, química e biologia.

Informações preliminares do Inep apontam ainda que 4.986 participantes foram eliminados na prova impressa, enquanto na digital, o número foi de 140. Entre os exemplos de motivos estão: portar equipamento eletrônico, ausentar-se antes do horário permitido e não cumprir normas previstas no edital.

Com relação aos participantes afetados por problemas logísticos, no exame impresso foram 162 estudantes. Já no digital, 31 participantes. Em geral, por emergências médicas e interrupção temporária de energia.

Durante a coletiva, o ministro também citou brevemente a possibilidade de números inflados de inscritos em edições anteriores do Enem, ao ser questionado sobre a queda do número de inscritos na edição deste ano, com 3,4 milhões, menor número desde 2006.

“O próprio número de participantes do Enem, que tem investigação em curso, sobre a possibilidade de ter números inflados de inscritos no exame, que está em apuração pelo TCG (Tribunal de Contas da União) e CGU (Controladoria-Geral da União). Pode ser uma das razões que explique essa redução também. Naturalmente, tivemos um período de pandemia no meio do caminho, que certamente deve ter efeito sobre a redução de inscritos”, disse ele.

CRONOGRAMA

Solicitação de reaplicação

Entre 21 e 25 de novembro de 2023

Segundo o Inep, em casos de doenças infectocontagiosas, como a covid-19, os pedidos devem ser acompanhados por documentos comprobatórios, que serão analisados pelo Inep individualmente. Já no que se refere a problemas logísticos, o instituto avaliará as solicitações, de acordo com as possíveis intercorrências registradas.

Publicação dos gabaritos oficiais e dos cadernos de questões

23 de novembro de 2023 às 18 horas

Reaplicação/Enem PPL (mesma data para Privados de Liberdade)

10 e 11 de janeiro de 2023

Resultados – notas individuais

13 de fevereiro de 2023

Resultados dos treineiros e vista pedagógica da redação

Abril de 2023.

Educação do RN realiza quinta edição da avaliação do SIMAIS

Estará acontecendo nesta terça-feira (22) pela Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC) o início da 5ª edição das avaliações do Sistema Integrado de Monitoramento e Avaliação Institucional (SIMAIS).
O objetivo é aferir as aprendizagens e competências consolidadas pelos estudantes ao final de cada etapa do ensino, incluindo também o ciclo de alfabetização. Esses dados favorecem a formulação de políticas públicas destinadas à melhoria da educação do estado, orientando o planejamento articulado em 2023.
O SIMAIS será realizado na terça e quarta-feira (23) em todas as escolas da rede estadual que ofertam o ensino regular, com aplicação de provas aos estudantes de 2º, 5º e 9º anos do ensino fundamental e da 3ª série do ensino médio. Apenas as turmas do 2° ano do ensino fundamental terão dois dias de provas (22 e 23 de novembro), sendo um dia para língua portuguesa e outro para matemática. As turmas de 5° e 9º anos do ensino fundamental e a 3ª série ensino médio terão a aplicação das provas em um único dia, 23 de novembro, com um único caderno de provas contendo questões de matemática e língua portuguesa.

As turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA), multisseriadas ou exclusivas de Educação Especial, por sua natureza diferenciada, não participam da avaliação.

Cerca de 542 escolas estaduais devem realizar o SIMAIS, o que representa 1.043 turmas, mobilizando 2.282 professores e mais de 55 mil estudantes. Na SEEC, o sistema é coordenado pela Subcoordenadoria de Avaliação Escolar (SUAVE) e a aplicação é realizada pelo Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (CAEd/UFJF), que também fará o processamento dos dados.
Durante o lançamento da atual edição, realizada em live na última semana, o secretário de Educação do RN, Getúlio Marques, apontou a importância da avaliação. “Um momento essencial para a retomada plena do processo de avaliação da nossa rede, que foi suspensa no período da pandemia. Essa avaliação é articulada com o planejamento estratégico que estamos construindo para a mudança do ano letivo, de 2022 para 2023. Queremos que nossos estudantes superem as dificuldades que possam ter no processo de aprendizagem e, para isso, é necessário conhecer as especificidades da rede estadual de ensino”, destacou o professor Getúlio Marques.
A avaliação é formada por questões de língua portuguesa e matemática e um questionário, que ajudarão a conhecer melhor questões socioculturais, trajetória escolar, aprendizagem, clima escolar e hábitos de estudo, entre outros aspectos que fazem parte da comunidade escolar.
“Uma característica importante nessa avaliação é que ela permite que seja realizado um acompanhamento e monitoramento das escolas da rede estadual, graças às análises que possamos fazer partindo dos dados produzidos pela avaliação. Isso garante uma melhor compreensão da realidade escolar e da articulação das etapas de ensino e áreas no planejamento escolar, sem preocupação com ranking ou comparações entre escolas”, destaca a professora Márcia Gurgel, secretária adjunta de Educação do RN.
 
Avaliação-Os estudantes terão o tempo de 2 horas e 30 minutos para concluir, com exceção as turmas do 2º ano do ensino fundamental, que terão um tempo total de 1h20, em cada dia da aplicação. Esse período de prova é o tempo médio padrão estabelecido para todas as avaliações externas realizadas no país.
As provas são constituídas de testes cognitivos de língua portuguesa e matemática, contendo questões de múltipla escolha. Para cada questão, há quatro alternativas de resposta, sendo apenas uma correta.
Em língua portuguesa, serão avaliados conhecimentos e habilidades sobre: procedimentos de leitura, gêneros discursivos, compreensão e interpretação de textos, relação entre textos e tratamento da informação, coerência e coesão, recursos expressivos e variação linguística, entre outros. Em matemática, avaliam-se conhecimentos com ênfase nas habilidades de resolução de problemas aplicados a contextos do cotidiano sobre temas como espaço e forma, grandezas e medidas, números e operações, álgebra e funções e tratamento da informação.
“É importante que cada escola converse com os estudantes sobre o tipo de atividade da qual participarão, em que consiste a avaliação, qual a sua finalidade, porque é importante participar. Existe uma equipe muito grande trabalhando para a realização do SIMAIS, desde o órgão central da Educação, passando pelas Diretorias Regionais de Ensino, escolas e instituições parceiras. É um momento muito esperado por todos nós”, frisa Afonso Gomes, coordenador geral da avaliação e da SUAVE.
Resultado-Previstos para serem conhecidos ainda neste ano, os resultados preliminares e finais da avaliação serão disponibilizados no Portal do SIMAIS. De acordo com a equipe organizadora, estarão disponíveis os resultados dos desempenhos por escola, turma e estudante, assim como por DIREC.
“A partir dos resultados, serão também fornecidas orientações para o trabalho pedagógico das escolas, considerando os desempenhos obtidos e o conjunto dos descritores das matrizes da avaliação, para a devida apropriação pelos professores e gestores” reforça Afonso Gomes.
O portal também disponibilizará um conjunto de revistas, em formato digital, produzidas especialmente para a reflexão da comunidade escolar sobre como melhorar a qualidade do ensino em nossas escolas, contribuindo para a formação dos nossos profissionais. São elas: Revista do Sistema, Revista do Gestor, Revista do Professor de Língua Portuguesa, Revista do Professor de Matemática e Revista dos Indicadores Contextuais.Foto:Danilo Bezerra

Gincana RN + Limpo mobiliza estudantes para a coleta de resíduos eletroeletrônicos

União, cooperação e responsabilidade ambiental marcam a 1ª Gincana RN + Limpo, envolvendo mais de 50.000 alunos da Rede Estadual de Ensino. As instituições que formam o Programa RN + Limpo promovem, durante o mês de novembro, uma mobilização nas escolas estaduais como forma de multiplicar os agentes ambientais no Rio Grande do Norte, através da responsabilidade perante o meio ambiente e inspiração das crianças.  A Gincana acontece até o dia 11 de dezembro.

A atividade é fruto da parceria entre a Circular Brain, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema); Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern); Elera Renováveis, e empresa Natal Reciclagem.

O principal objetivo é articular em conjunto com os Comitês Municipais e Escolares de Educação Ambiental estratégias para engajamento dos alunos em uma Gincana de Descarte Correto de Resíduos Eletrônicos. Além disso, coletar a maior quantidade de Resíduos Eletroeletrônicos (REE), evitando o descarte para aterros sanitários e mostrando os benefícios da economia circular (conceito estratégico que baseia na redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia).

Participam da ação cerca de 50 escolas estaduais e 50.000 alunos da Região Metropolitana e do Seridó, onde as instituições se tornarão pontos de descarte durante esse período.

As escolas vão receber os resíduos dos alunos e armazenar nas BigBags recebidas. Assim que estiverem cheias, o responsável pela escola deverá entrar em contato com a organização para solicitar a coleta. Cada kg de resíduo eletroeletrônico recebido será equivalente a 1 ponto na Gincana.

De acordo com a subcoordenadora de Planejamento e Educação Ambiental do Idema, Iracy Wanderley, a educação ambiental trabalhada nas escolas é base para mudanças em longo prazo para uma sociedade atenta para cuidar  do meio ambiente. ”Temos procurado incentivar as Prefeituras, através dos Comitês de Educação Ambiental e do Programa Escolas Sustentáveis para, efetivamente, desenvolverem iniciativas com interação, planejamento e engajamento social”, disse Iracy.

Para a pedagoga e educadora ambiental, Laíse Campos, a atuação do Idema foi um instrumento importante para a realização da atividade realizada pela Circular Brain. “Articulamos e mobilizamos com os 18 municípios do Seridó a participarem da gincana. A atividade acontece dentro da Campanha RN + Limpo e toda instituição parceira tem sua contribuição. Quando terminada a ação, através do exemplo os alunos poderão inspirar suas famílias e comunidade a descartarem de maneira adequada cada resíduo”, disse.

Por meio da Educomunicação, os alunos produzem vídeos com mensagens sobre o descarte adequado dos resíduos eletroeletrônicos e postam nas redes sociais, alertando a população sobre os devidos cuidados. As escolas que mais coletarem serão homenageadas pelo Governo do Estado E as vencedoras receberão prêmios.

Como funciona?

Os Comitês de Educação Ambiental indicam pelo menos três instituições de ensino por município, a partir do Ensino Fundamental II para participar da Gincana. As escolas recebem o material de comunicação, assim como BigBags, para guardar os resíduos recebidos. A equipe Organizadora da Campanha formará agentes articuladores que levarão os materiais e aplicarão dinâmicas de Educação Ambiental em todas as escolas participantes.

Premiação

1º Lugar: 8 Computadores Novos

2º Lugar: 2 Computadores Novos

3º Lugar: 1 Computador Novo

O que é Lixo Eletrônico?

Também conhecido como REE, é todo equipamento eletroeletrônico que não utilizamos mais, por não estar mais funcionando ou ser obsoleto, isso ocorre quando uma nova tecnologia foi lançada, impedindo ou dificultando a utilização deste aparelho.