Pelo menos 12 agentes de segurança pública foram mortos no RN em 2019

A morte do Coronel Nunes, na tarde do sábado (28), foi o 12º óbito violento de um agente de segurança pública do Rio Grande do Norte neste ano. Em 2018, pelo menos 26 agentes de segurança morreram no estado. Os primeiros casos ocorreram em janeiro, quando o PM reformado Rafael Andrade da Silva foi morto em um bar de Natal no dia 12 de janeiro, e o PM da reserva Cícero Melo Geminiano, de 55 anos, que foi executado com com três tiros em uma lanchonete de Mossoró.

Em fevereiro, mais duas mortes: o sargento do Corpo de Bombeiros Ivan Ferreira da Silva, morto a tiros no dia 25 em um bar em Genipabu, e o PM da reserva Luciano de Aquino Ramos, de 43 anos, executado dia 26, próximo ao viaduto do Baldo, em Natal. Em março, o sargento aposentado da PM Genival Quirino de Oliveira Júnior, de 54 anos, foi morto ao tentar evitar um assalto na Cidade da Esperança, no dia 26.

Em abril, foram mortos o sargento da PM Gilmar Ferreira Barbosa, de 52 anos, no dia 9, no Bom Pastor, e o agente da Polícia Civil André Severiano da Silva, de 45 anos, executado em assalto no dia 30 de abril, próximo ao viaduto de Emaús.

O cabo da reserva da PM João Maria Batista de Souza, de 55 anos, foi mais um agente de segurança morto no estado. No dia 31 de maio, ele foi executado em um assalto em Parnamirim. Já em julho, no dia 19, o suboficial da reserva da PM Adonilson Ferreira de Oliveira, de 76 anos, foi morto no bairro do Alecrim. Em setembro, o sargento da PM Adailton Cristiano Silva, de 43 anos, foi a vítima. Ele foi atingido por disparos durante um assalto em Vera Cruz, no dia 20 de setembro.

No dia 20 de dezembro, o escrivão da Polícia Civil Antônio Ferreira da Silva Júnior reagiu a um assalto e foi morto em Mossoró. Já no dia 28, a vítima foi Francildo de Souza Nunes, coronel aposentado que estava em uma loja no centro de Natal.

Governo promove 86 oficiais da PM

Em solenidade no Quartel da Polícia Militar, a governadora Fátima Bezerra efetivou nesta sexta-feira, 27, a promoção de 86 oficiais da Polícia Militar. Foram promovidos dois coronéis, 12 tenentes coronéis, 23 majores e 49 capitães. Esta foi a primeira promoção de oficiais da PM na atual gestão e a primeira também após a aprovação da Lei que reestruturou a carreira dos militares estaduais.

Acompanhada do vice-governador Antenor Roberto, do secretário de Estado da Segurança e Defesa Social (Sesed), coronel Francisco Araújo, do secretário adjunto da Sesed, Osmir Monte, do comandante do Corpo de Bombeiros, Luiz Monteiro Junior, e do deputado estadual Sandro Pimentel, a governadora disse que “os oficiais estão sendo merecidamente promovidos. O nosso governo tem compromisso com a segurança pública e já no primeiro ano de gestão apresentou e teve aprovado pela Assembleia Legislativa a Lei de reestruturação da carreira militar e concedeu reajuste salarial escalonado de 23%”.

Fátima Bezerra ainda acrescentou que “olho para vocês e agradeço pelo resultado que alcançamos este ano. Saímos da posição de Estado mais violento do país, para um dos quatro que mais reduziram a violência. Isso se deve à determinação do Governo e ao trabalho dedicado e eficiente dos nossos policiais que, se considerarmos apenas os casos de mortes, tivemos 500 vidas poupadas em relação a 2018”.

O comandante-geral da PM, coronel Alarico Azevedo, registrou que é a corporação que garante o funcionamento normal das instituições, do Estado e a segurança das pessoas. “Tenham orgulho de pertencerem à Polícia Militar do Rio Grande do Norte”, declarou.

AÇÕES NA SEGURANÇA PÚBLICA

INVESTIMENTOS

– Em acordos com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), e em convênios firmados a partir do Banco Mundial com Governo do Rio Grande do Norte, a Segurança Pública do Estado assegurou investimentos de R$ 121 milhões.

– Os recursos estão sendo investidos na aquisição de veículos, câmeras de segurança, equipamentos de uso operacional, como armas, munições e coletes balísticos, além de equipamentos tecnológicos, para as policiais Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Centro de Inteligência da Sesed, Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR).

– Esta semana foram assinados convênios no montante de R$ 41,9 milhões destinados a equipamentos e valorização profissional do sistema de segurança pública do Estado composto pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social – Sesed, Polícia Militar, Polícia Civil, Instituto Técnico e Científico de Perícia – Itep e Corpo de Bombeiros Militar. Os recursos já estão empenhados no orçamento da Secretaria Nacional de Segurança Pública – SENASP, do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), no valor exato de R$ 41.977.146,67.

– Os convênios são resultado de emendas da bancada federal, deputados e senadores, ao Orçamento Geral da União apresentadas no exercício de 2018 para o orçamento de 2019, ainda da época de senadora, que articulou junto à bancada federal do Rio Grande do Norte.

– Na última sexta-feira (20) foram entregues viaturas e equipamentos para auxiliar nas ações de segurança pública; Um total de mais de R$ 2 milhões em investimentos.

– Valorização profissional – A governadora sancionou a Lei, proposta pelo próprio Governo do Estado, que reestruturou a carreira dos policiais e bombeiros militares. Uma das alterações foi o aumento salarial para a categoria de 23% de forma gradativa, parcelado em seis vezes, até 2022. A Lei também reduziu o tempo para promoções.

– O Governo está trabalhando na elaboração do projeto de Lei para reestruturar a carreira dos Policiais Civis. O Projeto será enviado à Assembleia Legislativa para aprovação.

REDUÇÃO DA CRIMINALIDADE

– Condutas Violentas Letais Intencionais (CVLIs) – entre os meses de janeiro e novembro deste ano, foram poupadas 536 vidas em comparação com o mesmo período de 2018. Em 2018, foram registrados 1.850 CVLIs, contra 1.314 este ano.

– Crimes de latrocínio (roubo seguido de morte)  -43,2% (passou de 88 para 50); homicídio doloso -33,2% e lesão corporal seguida de morte -17,3%.

Fotos: Sandro Menezes

PRF autua 59 motoristas por embriaguez ao volante no feriadão do Natal no RN

Uma pessoa morreu em um atropelamento na BR-101, em Parnamirim, na Grande Natal. 1.537 multas foram aplicadas entre os dias 21 e 25 de dezembro.

Foram contabilizados quatro acidentes graves e uma morte durante o feriadão de Natal em rodovias federais do Rio Grande do Norte, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). 59 motoristas foram autuados por embriaguez ao volante entre os dias 21 e 25 de dezembro segundo levantamento da PRF.
Uma mulher de 48 anos morreu após ser atropelada, na noite de terça-feira (24), véspera de Natal, na BR-101, em Parnamirim, região metropolitana de Natal. O motorista que atropelou a vítima permaneceu no local do acidente, aguardando a chegada de socorro e da polícia.
Ao total, a PRF registrou 1.537 multas durante o período; 105 motoristas foram autuados por ultrapassagem em local proibido. Ainda de acordo com o levantamento da corporação, foram 7.528 motoristas fiscalizados; 2.019 foram submetidos ao teste do bafômetro.
A PRF disse que prendeu 31 pessoas no período por crimes como dirigir embriagado, tráfico de drogas e porte ilegal de arma. Segundo a corporação, 2 kg de maconha foram apreendidos.
G1 RN

Governo assina convênios para investir mais R$ 41 milhões na segurança pública

A segurança pública continua sendo prioridade do Governo do RN. Nestes dias 23 e 24 foram pactuados e assinados convênios no montante de R$ 41,9 milhões destinados a equipamentos e valorização profissional do sistema de segurança pública do Estado composto pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social – Sesed, Polícia Militar, Polícia Civil, Instituto Técnico e Científico de Perícia – Itep e Corpo de Bombeiros Militar.

Os recursos já estão empenhados no orçamento da Secretaria Nacional de Segurança Pública – SENASP, do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), no valor exato de R$ 41.977.146,67.

Os convênios são resultado de emendas da bancada federal, deputados e senadores, ao Orçamento Geral da União apresentadas no exercício de 2018. A governadora Fátima Bezerra explica que “esses recursos são de emenda de bancada de 2018 para o orçamento de 2019, ainda da minha época enquanto senadora, quando articulei junto à bancada federal do Rio Grande do Norte. Agora é a concretização dos convênios assinados”.

Fátima Bezerra também explica que “o Governo Federal não pode deixar de fazer o repasse dos recursos porque a emenda é impositiva. Os convênios foram assinados agora. Vamos investir cada vez mais na melhoria da segurança pública para a população para melhorar ainda mais os resultados que alcançamos em 2019, como, por exemplo, a redução de assassinatos poupando 500 vidas em nosso Estado”.

O secretário de segurança, coronel Francisco Araújo disse que “os investimentos irão beneficiar as instituições que compõem o sistema, fortalecer o enfrentamento à criminalidade e trazer melhores condições de trabalho aos servidores e policiais. Isto, consequentemente, vai resultar na melhor prestação de serviço à sociedade em todo o Rio Grande do Norte”.

Coronel Araújo destacou que todos os projetos para aplicação dos recursos apresentados pelo Governo do RN foram aprovados pela Senasp. “Atendemos a orientação da governadora Fátima Bezerra, definimos as prioridades e agora teremos atendidas nossas demandas”, registrou.

São oito convênios, sendo quatro de emendas ao orçamento apresentados pelo conjunto da bancada federal e quatro por emendas individuais:

* CONVÊNIO 891607/2019 – Fortalecer a Polícia Militar do Rio Grande do Norte, por meio da aquisição de viaturas, cinto de guarnições, instrumentos de menor potencial ofensivo, equipamentos de proteção individual, rádio e bateria de rádios, equipamentos táticos, aeronave remotamente pilotada, equipamentos de tecnologia de informação, móveis e equipamentos de proteção individual para semoventes equinos. Valor R$ 19.056.545,26.

* CONVÊNIO 891343/2019 – Fortalecer as delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Norte, por meio da aquisição de armas de fogo tipo pistola, coletes balísticos, algemas, equipamentos de informática e viaturas descaracterizadas. Valor R$ 9.915.348,01.

* CONVÊNIO 891883/2019 – Modernizar e fortalecer o Instituto Técnico-Científico de Perícia – ITEP, através da aquisição de viaturas, aeronave remotamente pilotada, equipamentos de informática, equipamentos e softwares de perícia criminal para o Estado do Rio Grande do Norte. Valor R$ 6.999.004,43.

* CONVÊNIO 891624/2019 – Fortalecer o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte com aquisição de viaturas tipo pick-ups, equipamentos de proteção individual (EPI) de combate a incêndio, equipamentos de proteção respiratória (EPR), e conjuntos de desencarceramento. Valor R$ 4.009.593,82.

+ CONVÊNIO 891206/2019 – Fortalecer as delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Norte por meio da aquisição de estações de trabalho, monitores e estabilizadores. Valor R$ 1.004.652,40.

+ CONVÊNIO 892372/2019 – Fortalecer o Núcleo de Inteligência da Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Norte, por meio da aquisição de equipamentos de informática. Valor R$ 158.630,00.

+ CONVÊNIO 891892/ 2019 – Fortalecer o Programa Bombeiro Mirim, nas cidades de Natal/RN e Caicó/RN, com a aquisição de viaturas caracterizadas. Valor R$ 134.211,00.

+ CONVÊNIO 893858/2019 – Fortalecer ações da Segurança Pública no RN por meio da implantação de videomonitoramento nos municípios de Caicó, Parelhas e Tibau do Sul (distrito de Pipa). Valor R$ 699.161,77.

OUTROS INVESTIMENTOS

O Governo do RN também investiu R$ 80 milhões através de outro convênio firmado com a Secretaria Nacional de Segurança Pública. O valor para diversos setores e órgãos da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) foi assim destinado:

Polícia Militar – R$ 29.977.330,89 milhões – coletes balísticos; viaturas; armas; escudos balísticos.

Polícia Civil – R$ 12.209.780,77 milhões – armas; viaturas; escudos balísticos; tecnologia.

Corpo de Bombeiros Militar – R$ 6.110.615,00 milhões – viaturas.

Sesed/Centro de Inteligência – R$ 2,877 milhões.

Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) – R$ 1,928 milhões.

Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER) – R$ 21,777 milhões.

Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR) – R$ 5 milhões.

Capacitação de PM para polícia de proximidade – R$ 297 mil.

Fotos de Demis Roussos

Assalto a comercio no centro da cidade em Cerro Corá-RN

A imagem de câmaras de monitoração com a baixa qualidade de resolução, mas que a policia teve acesso a melhores e poderão servir para identificação dos dois assaltantes, pelo menos, que agiram na manhã desta segunda-feira (23) no interior do supermercado da Cipra (George), situado na rua Sérvulo Pereira, no centro comercial de Cerro Corá.

Os criminosos teriam saído em fuga para a Serra de Santana em um automóvel Palio Fiat, de cor prata, a partir do acesso pela comunidade de Ipueiras, no entroncamento da rodovia estadual para Bodó, a altura da ladeira que segue para o antigo bar e mirante do Pipila.

A policia continua em diligencias.

Com informações: Cerro Corá News

Cerro Corá perde mais um jovem vitima de acidente de moto

Cerro Corá perde mais um jovem vitima de acidente de moto, na manhã deste domingo(22), a vítima fatal desse acidente: Paulo Romenigue Hans A. Borges, filho do casal Soraia e Loura Borges.

O acidente aconteceu na RN 203 sentido Cerro Corá a Bodó, a policia foi acionada e a equipe do Itep.

Aos familiares, nossos mais sinceros votos de pesar.

Mossoró – RN, a cidade dos crimes

213° Homicídio em Mossoró 2019: Adolescente de 15 anos é executado a tiros na calçada de residência no Bairro Barrocas.

O adolescente Diego da Silva Alves de 15 anos de idade, que era deficiente físico foi morto com vários disparos de arma de fogo, no final da noite desta sexta feira 20 de dezembro de 2019, na Rua Castelo Branco no Bairro Barrocas em Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte.
Informações repassadas pela polícia, Diego estava sentado em uma cadeira, e conversava com várias pessoas da família na calçada de uma residência naquela localidade, quando um veículo de características não anotadas, se aproximou e homens armados e encapuzados desceram do carro e executaram a adolescente com vários disparos de arma de fogo.
Após matarem Diego, os criminosos, fugiram levando a força outro adolescente conhecido como Bruno, que segundo a polícia seria irmão de Diego e de outro menor morto em confronto com policiais civis e militares no início da noite, nas proximidade do Campo de Futebol da Estrada da Raiz.
Fonte: Fim da linha

PRF começa operação Rodovida nas estradas do país

Com a movimentação intensa para as festas de fim de ano e férias, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) começa nesta sexta-feira(20) a operação Rodovida, com o objetivo de diminuir a violência no trânsito.

Com ações educativas e de fiscalização, a Operação Rodovida vai até o dia 1º de março nas estradas de todo o país. A ação é feita em parceria com estados, municípios, ministérios e também com o Departamento Nacional de Trânsito.

No ano de 2018, a PRF registrou a ocorrência de 183 acidentes durante a operação, um número 65% inferior em relação ao ano de 2011, quando foi lançada a primeira edição da Rodovida. Os números de feridos e mortos também caíram de 24,7% e 38,5%, respectivamente.

Noite de terror em Lagoa Nova-RN, Indivíduos invadem casa, rendem família e roubam três veículos

Era  22h de terça-feira, dia 17 dezembro, quando seis homens invadiram a fazenda Aroeira, localizada no Sítio Clavinote, zona rural de Lagoa Nova. Fortemente armados, os homens renderam o caseiro juntamente com familiares e levaram 01 Golf vermelho, 01 moto Bros vermelha, uma Honda Fan vermelha, relógios, óculos, uma quantia em dinheiro de R$ 800,00, 05 celas de animais e ainda retiraram a bateria de um caminhão que estava estacionado.

Fonte: Roberto Paixão

Policia Militar do RN é a mais antiga do Nordeste

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte tem a tropa mais antiga do Nordeste. A conclusão parte de um levantamento feito pela TRIBUNA DO NORTE que mostra a incidência de concursos públicos para novos agentes para a corporação na região. Mesmo tendo feito um certame ofertando 1.000 vagas no ano passado, o último concurso havia sido feito em 2005, o que faz com que a tropa não tenha sido renovada ao longo desses quase 15 anos.

O Rio Grande do Norte tem 7.436 policiais militares, o que equivale a um policial militar para cada 471 habitantes. A média de idade é de 40 anos, a maior entre todas as PMs do Brasil

Tribuna do Norte