Centrais do Cidadão recebem novos equipamentos de proteção contra a Covid-19

Centrais do Cidadão recebem novos equipamentos de proteção contra a Covid-19
Redes Sociais

As Centrais do Cidadão do Rio Grande do Norte estão intensificando as medidas de prevenção ao contágio do novo coronavírus, a fim de proteger e resguardar a saúde dos usuários para quando forem retomados os atendimentos presenciais. Todas as unidades estão fechadas temporariamente, em razão do agravamento da pandemia no estado.

De acordo com a Secretaria de Estado da Administração (Sead), os órgãos que compõem o Programa Central do Cidadão, entre eles o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), estão unindo esforços no sentido de aparelhar as unidades com equipamentos de proteção aos servidores e aos cidadãos.

Na última semana, começaram a ser instaladas barreiras de acrílico nos guichês de atendimento do Itep nas Centrais do Cidadão. As unidades de Natal e Parnamirim foram algumas que já receberam o equipamento de proteção, enquanto as demais devem receber o novo dispositivo nos próximos dias.

Com relação aos boxes que prestam atendimento do Detran, vale destacar que estes já haviam sido reestruturados anteriormente com a instalação do dispositivo. Dispostas entre servidores e cidadãos, as placas acrílicas ampliam a proteção de ambos, ao reduzir riscos de contato com partículas liberadas durante a fala, tosse ou espirro que possam estar contaminadas.

Para o coordenador de Atendimento ao Servidor e ao Cidadão (Codaci), Luis Renato Nogueira, a barreira de acrílico é de extrema importância no combate à disseminação da Covid-19 nas repartições que realizam atendimento ao público. “A Administração Estadual vem enfrentando inúmeros desafios quanto à garantia da saúde da população e à prestação segura e eficiente dos serviços públicos. No tocante às Centrais do Cidadão, estamos adotando e reforçando todas as medidas que estão ao nosso alcance, para ampliar a proteção de todos”, declarou.

Nogueira lembrou ainda que a limpeza dos ambientes deve ser redobrada e os protocolos já conhecidos pelas pessoas, como uso de máscara e higienização de mãos, vão continuar sendo imperativos. “A combinação do uso de máscara com o distanciamento social já se provou cientificamente eficaz contra a doença. Vamos acentuar ainda mais essas medidas quando retomarmos os atendimentos”, afirmou o coordenador.


Redes Sociais

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *