Cerro Corá se prepara para rodízio no abastecimento de água

Cerro Corá se prepara para rodízio no abastecimento de água
Redes Sociais

Com uma seca que atinge 100% do seu território, o Rio Grande do Norte tem 69 municípios em rodízio no abastecimento de água e dois em colapso, de acordo com a Companhia de Águas e Esgotos do Estado (Caern).

O número representa quase metade do total de 152 cidades abastecidas pela empresa. De acordo com o superintendente de Operação e Manutenção da Caern, Ricardo Barros, o problema é causado principalmente pela falta de chuvas. A situação atinge principalmente as cidades do interior do estado.

“Essa situação está bem relacionada com a frustração no índice de precipitação recente, do último período chuvoso”, disse Ricardo Barros, superintendente de Operação e Manutenção da Caern.

Em Cerro Corá, o blog djaildo.com manteve contato com Hallyson Gledyson de Macedo Silva, chefe do escritório local da Caern, ele, nos informou que na próxima segunda-feira(8), está agendado a instalação do flutuante no açude do Pinga, principal reservatório do município responsável pelo abastecimento da zona urbana, atualmente o município dispões dos seguintes números clientes cadastrados 2.503 sendo que residências com hidrômetros são 2.163, cadastradas com sistema água e esgotos 1.252 residências.

Hallysson, também nos informou que na próxima sexta-feira, 12 de novembro em Currais Novos, haverá uma reunião com a participação dele e mais Adelson Sebastião dos Santos, gerente regional, Mirelle Dantas, chefe da Unidade de Operação e Manutenção de Água – UNAS, Anderson Jean de Araújo Alves, chefe da Unidade de Receita de Currais Novos – URCN, que estarão discutindo o sistema de rodízio para Cerro Corá.

De acordo com ele, o esquema de rodízio funciona com a oferta e paralisação do abastecimento em dias e horários definidos, mas que mudam de acordo com cada realidade.


Redes Sociais

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *