Chapa tucana no RN…Muitos vão sobrar

Chapa tucana no RN…Muitos vão sobrar
Redes Sociais

Os presidentes estaduais do PSDB e PL, o deputado estadual Ezequiel Ferreira e o deputado federal João Maia, respectivamente, retomam hoje o diálogo político para formação de um “chapão” para a disputa de cadeiras na Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados nas eleições deste ano.

“O PSDB está iniciando uma série de conversas e os deputados pretendem sim formar uma grande nominata com 25 nomes e a ideia é aumentar a bancada na Assembleia”, diz Ezequiel Ferreira.
Atualmente com uma bancada de cinco deputados – Gustavo Carvalho, José Dias, Raimundo Fernandes, Tomba Farias e o próprio Ezequiel Ferreira, que também preside a Assembleia, o PSDB tenta trazer para os seus quadros os três deputados do Partido Liberal – George Soares, Kleber Rodrigues e Ubaldo Fernandes, além de já ter como certa a filiação do deputado Albert Dickson (Pros).

“Com força no segmento evangélico, o deputado Albert Dickson, sempre é bem votado na capital e no interior e vai assinar a ficha de filiação dos tucanos”, reforçou Ferreira, a respeito da composição do chamado “chapão” com 17 candidatos a deputado e oito candidatas à deputada, garantido o mínimo exigido de 30% para mulheres pelas regras eleitorais.

Ezequiel Ferreira diz que o PSDB “também acredita no potencial e na capacidade das mulheres para contribuir em 2022. Ainda neste semestre, o partido vai realizar um evento para mulheres no Oeste Potiguar. A data e a cidade estão sendo definida”.

Segundo ele, o partido está conversando com deputados de outras legendas, especula-se que estão foco a deputada Eudiane Macedo, a única parlamentar do partido Republicanos na Assembleia e com pelo menos dois dos três deputados do PSD – Vivaldo Costa e Jacó Jácome.

Todas as conversas em torno das filiações, segundo o presidente do PSDB, levará em conta a chamada ‘janela partidária’, período entre 3 de março e 1º de abril, em que deputados federais, estaduais e distritais poderão trocar de partido para concorrer às eleições sem perder o mandato.

O deputado João Maia já havia antecipado à TRIBUNA DO NORTE no dia 18, que estava aguardando apenas a recuperação do deputado Ezequiel Ferreira, que fora acometido de Covid-19 e Influenza e já há cinco dias estava recuperado  e despachando no gabinete da presidência da Assembleia, a fim de que ambos voltassem a conversar sobre a formação do chapa proporcional. “Na verdade nós temos um deadline (prazo final) pra isso, até 30 de março para concluir essa conversa”, dizia ele.

O presidente dos tucanos informou, ainda, que a presidente da União dos Vereadores e Vereadoras do Rio Grande do Norte (UVERN), Larissa Rosado deve concorrer a uma cadeira de deputada federal, enquanto sua mãe, a ex-deputada Sandra Rosado, “vem mostrando disposição em retornar à Assembleia Legislativa”. Para a Câmara Federal, a chapa contará com o reforço do vereador natalense Kleber Fernandes, que já insinuou sua pré-candidatura nas redes sociais.

Ezequiel Ferreira estimula a pré-candidatura das duas, considerando que Mossoró é o segundo maior colégio eleitoral do Estado – tinha 176.931 eleitores até dezembro de 2021, último número oficialmente divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “Nomes novos como a influente digital Leila Maia, idealizadora dos projetos “RN Saudável” e “Ponte da Vida” também já acertou sua filiação. Ela tem hoje mais de 61 mil seguidores só no Instagram”, avisou.

Ele também citou a empresária Adriana Pessoa, que tem atuação no Agreste Potiguar e foi segundo lugar na eleição de Passa e Fica, “só com comícios virtuais poderá ser um nome”. A médica Tássia Veríssimo, que foi prefeita do PSD em João Dias no Alto Oeste Potiguar, assegurou Ferreira, “está vindo somar com o PSDB. Ela hoje atende como médica em Parnamirim e é esposa do ex-deputado Carlos Augusto Maia”.

Com informações da Tribuna do Norte


Redes Sociais

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.