Flamengo perde do São Paulo, mas é bicampeão brasileiro com tropeço do Inter

Flamengo perde do São Paulo, mas é bicampeão brasileiro com tropeço do Inter
Redes Sociais

O Flamengo revalidou nesta quinta-feira o título de campeão brasileiro de futebol, apesar da derrota (2-1) no reduto do São Paulo, numa 38.ª e última jornada em que o Internacional foi incapaz de bater em casa o Corinthians.

O ‘Fla’ somou, assim, umas das derrotas mais saborosas da sua história, para acabar com 71 pontos, contra 70 do Internacional, 68 do Atlético Mineiro e 66 do São Paulo, que seguem diretamente para a Taça Libertadores, juntamente com o Palmeiras. Os 71 pontos do Mengão só dariam para o quarto lugar na época passada.

Uma derrota indolor confirmou ao Flamengo o segundo título brasileiro consecutivo. O time não fez sua parte e perdeu para o São Paulo por 2 a 1, no Morumbi, pela última rodada. No entanto, o empate sem gols do Internacional  diante do Corinthians, no Beira-Rio, confirmou a equipe carioca como campeã com a mínima vantagem, de apenas um ponto. O resultado também ajuda a equipe paulista, que garantiu vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores.

O Flamengo dependia só de uma vitória para ser campeão. Porém, abusou da condição de líder e precisou torcer para o Inter não ganhar. Para a torcida, foi uma enorme angústia ter de esperar o fim do Brasileirão ligado em duas partidas ao mesmo tempo. Para os jogadores, qualquer sufoco acabou sendo compensado pela certeza de que não há derrota capaz de se comparar à alegria de ser campeão.

O Campeonato Brasileiro de tantas trocas de liderança obviamente não teria uma rodada final previsível. A noite de definição só teve dentro do esperado a postura do Flamengo. A equipe carioca teve mais posse de bola e procurou acuar o São Paulo no Morumbi. Nos 25 primeiros minutos, foram três finalizações de uma partida quase toda disputada no campo de defesa são-paulino.

A noite de surpresas provocou alguns sustos no primeiro tempo vindos do Beira-Rio. Um pênalti e um gol anulados do Inter fizeram os flamenguistas irem da lamentação ao alívio. O clube carioca continuava no domínio do jogo e via o São Paulo exagerar nas faltas e receber quatro cartões amarelos só no primeiro tempo. Porém, se o futebol não costuma ter lógica, seria ainda mais improvável um Brasileiro como esse ter uma noite tão previsível.

O certo é que o troféu foi mesmo para o Rio de Janeiro, para um Flamengo que não foi nem de longe o melhor clube da competição, mas o que mais soube aproveitar as chances que lhes foram dadas, em um campeonato praticamente perdido, mas que terminou com título do time carioca, que não desperdiçou as oportunidades e que realmente quis ser Bicampeão.


Redes Sociais

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *