Fórum defende alteração da alíquota de Fátima para alíquota de Bolsonaro por ser menos perversa

0
360

Representando o Fórum Estadual dos Servidores, a presidenta do SINSP/RN, Janeayre Souto, defendeu que os parlamentares da Assembleia Legislativa do RN alterem a alíquota proposta pela governadora Fátima Bezerra, de 12% a 18%, para a proposta pelo governo Bolsonaro, de 7,5% a 22%. Dessa forma, o SINSP defende que os servidores que ganham mais no estado, também paguem mais.

Na atual proposta estadual, a chefe do executivo penaliza os mais pobres, taxa os aposentados e faz um ataque frontal às pensões num contexto de quase dez anos sem reajuste salarial e três folhas de salário em atraso.

O governo do RN é o mesmo que negociou com defensores públicos e procuradores do estado, para is qyais deu 16,38% de reajuste, e decidiu dar 0% de correção salarial aos servidores mais humildes. Eleita pelos mais pobres, têm servido aos mais ricos e deixado de dialogar com os trabalhadores e trabalhadores do estado.

A partir de agora, os servidores irão tratar da reforma da Previdência com os deputados estaduais na Casa Legislativa, onde o projeto chegou nesta quinta-feira, dia 13.

Fonte: SINSP/RN.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui