Governadora vai ao Ministério da Integração solicitar conclusão das obras de transposição de águas do São Francisco

Governadora vai ao Ministério da Integração solicitar conclusão das obras de transposição de águas do São Francisco
Redes Sociais

A governadora do Rio Grande do Norte, professora Fátima Bezerra se reuniu, nesta quarta-feira (17) com representantes da Frente Parlamentar da Água da Assembleia Legislativa do RN e com deputados da Frente Parlamentar da Água e da Reforma Agrária da Assembleia Legislativa do estado da Paraíba para tratar da conclusão das obras da transposição de águas do rio São Francisco.

“Esta reunião é de grande valor por tratar de segurança hídrica, que representa desenvolvimento humano, social e econômico. Vamos intensificar a mobilização na defesa dos interesses do povo. Lembro que, em 2016, o eixo norte da transposição estava com 94% das obras executadas. Mas, cinco anos depois, ainda não foi concluído”, afirmou. “Temos a Frente Interestadual em defesa da Transposição e vamos solicitar audiência com o ministro da Integração Nacional, para tratarmos das obras, inclusive do ramal Apodi/Mossoró que ainda não teve os trabalhos iniciados. Não podemos prescindir deste ramal que vai atender os municípios da região mais seca do Rio Grande do Norte, entre eles a segunda cidade com maior população do estado”, justificou.

“A mobilização é fundamental. Governos estaduais, parlamentos, comitês de bacias, igrejas e sociedade devem se somar e se articular para que, de fato, o projeto seja concluído; trazendo água, segurança hídrica e desenvolvimento humano, econômico e social”, reforçou Fátima Bezerra.

Para as águas da transposição entrarem no Rio Grande do Norte pelo ramal leste será preciso a reforma da barragem engenheiro Ávidos, na Paraíba, e a recuperação do rio Piranhas em território do estado vizinho para suportar o volume das águas que descerão por gravidade.

“A barragem engenheiro Ávidos é de onde partirão as águas da transposição da Paraíba para o Rio Grande do Norte. Mas, a barragem precisa de recuperação, assim como o leito do rio Piranhas/Açu, que tem muitos barramentos e está assoreado, até as águas chegarem à barragem de Oiticica, em Jucurutu”, declarou o deputado Jeová Campos, integrante da Frente Parlamentar da Água e da Reforma Agrária da Assembleia Legislativa Paraíba.

Ele destacou que, como parlamentar e presidente da Comissão de Desenvolvimento Urbano do Senado, “Fátima Bezerra muito se empenhou para a realização das obras de transposição. Fátima foi muito atuante e viemos aqui para continuarmos esta luta”.

O deputado Francisco Medeiros, presidente da Frente Parlamentar da Água da Assembleia Legislativa do RN, considerou a importância do somatório de esforços para a conclusão das obras levando benefícios à população de quatro estados. O Secretário dos Recursos Hídricos do RN, João Maria Cavalcanti reconheceu a atuação conjunta dos estados como decisiva para a realização de obras complementares sem as quais não será possível a chegada das águas.

O vice-governador do RN, Antenor Roberto, a secretária adjunto do Gabinete Civil, Socorro Batista e o técnico da Semarh, Paulo Varela acompanharam a governadora na reunião que contou também com os deputados paraibanos Rubens (Buba) Germano e Jaci Severino (Galego) Sousa.

FOTO: DANIEL HERRERA

Redes Sociais

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *