Jovens aprendizes preparam manifestação contra MP 1116 para esta segunda na ALRN

Jovens aprendizes preparam manifestação contra MP 1116 para esta segunda na ALRN
Redes Sociais

Centenas de jovens aprendizes estão se organizando para se manifestar nesta segunda (16), às 8 horas, em frente à Assembleia Legislativa do RN, para cobrar apoio dos parlamentares potiguares contra a MP 1116. Outros protestos irão acontecer simultaneamente em várias capitais brasileiras, chamando atenção para o perigo que a Medida Provisória representa ao emprego dos aprendizes.

A Medida Provisória (MP) nº 1.116, que institui o Programa Emprega + Mulheres e Jovens trata de vários temas, entre eles o da aprendizagem profissional. Faz parte da medida a criação do “Projeto Nacional de Incentivo à Contratação de Aprendizes”, que deveria solucionar o não cumprimento das cotas de contratação de jovens aprendizes pelas empresas. “Mas, ao contrário disso, a MP cria um pacote de incentivos às empresas e não respeita as determinações da Constituição Federal, como os direito fundamental de todo adolescente e jovem pela aprendizagem profissional, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o princípio da proteção integral, e o Estatuto da Pessoa com Deficiência” explicou o advogado Alexandre Teixeira, presidente do Mais Cidades, Instituto que abraçou a causa em Natal.

O Instituto Mais Cidades também está defendendo as vagas de empregos de jovens aprendizes e pessoas com deficiência contra o Tema 1.046, que, assim como a MP, põe em risco as cotas obrigatórias de vagas de emprego nas empresas destinadas para PCD’s e aprendizes. “Estamos vendo um ataque generalizado aos empregos dessas pessoas e não podemos deixar isso acontecer. A MP 1116 e o Tema 1046 vão acabar com o pouco de inclusão social que foi conquistada até agora. Os jovens cansaram e vão exigir nas ruas o respeito aos seu direito fundamental ao emprego”, disse Alexandre Teixeira.

Blog FM


Redes Sociais

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.