Junho Laranja é o mês nacional de prevenção de queimaduras

Junho Laranja é o mês nacional de prevenção de queimaduras
Redes Sociais

A Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ) promove o Junho Laranja, um mês de conscientização sobre as queimaduras como grande problema de saúde pública, e que tem a data de 6 de junho como o Dia Nacional de Combate às Queimaduras. O tema da campanha em 2021 será “Álcool e fogo: mantenha o distanciamento. Contra queimaduras, prevenção é a vacina”.

Em tempos de pandemia da covid 19, o uso do álcool se tornou uma grande preocupação dos especialistas em queimaduras. Com o incentivo ao uso para prevenção ao coronavírus e a liberação da venda do álcool 70% na versão líquida, foi percebido um aumento considerável da ocorrência de acidentes com o produto. Segundo a SBQ, somente em 2020 quase mil pessoas foram internadas em centros de atendimento especializado por queimaduras graves no Brasil.

O cirurgião plástico do Centro de Queimados (CTQ) do Walfredo Gurgel e membro do Comitê de Prevenção da SBQ, Marco Almeida, explica o motivo da campanha de 2021 estar focada no uso do álcool. “As internações aumentaram por conta de acidentes graves por uso incorreto do álcool, por isso a campanha deste ano, que incentiva o controle e a racionalização através da educação para o uso correto”. Ele lembra que o álcool não substitui a lavagem correta das mãos, e deve ser usado nas situações em que não se tem acesso à lavagem com água e sabão.

Decreto zera internações por queimaduras graves

Em junho passado, o decreto estadual e municipal que proibiu o acendimento de fogueiras e fogos de artifício zerou o número de internações de vítimas graves deste tipo de queimaduras, tão comuns no período de festejos juninos.

O Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Walfredo Gurgel, que costuma receber uma média de 20 a 30 vítimas de acidentes graves relacionados a fogos de artifício ou queimaduras a cada período junino, em 2020 encerrou o mês de junho sem nenhuma internação por queimadura grave causada por fogueira ou fogos de artifício, o que não acontecia desde a fundação do hospital.

O objetivo da medida foi evitar acidentes com fogos e fogueiras, além de diminuir os casos de síndromes respiratórias nos serviços de saúde públicos e privados, que podem ser ocasionados pelas partículas de fumaça presentes no ar. “Diante da pandemia da covid e da carência de vagas em hospitais, não podemos correr o risco de que pessoas com alergias respiratórias graves ou outras dificuldades pulmonares sofram as consequências da poluição que as fogueiras provocam no ar”, alerta Marco Almeida.

Ações no Junho Laranja

No dia 8 de junho, o CTQ do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel promoverá um evento em torno do tema, com participação virtual da SBQueimaduras, depoimento de pacientes, apresentação das ações e projetos da Associação Pró-queimados e apresentação do Coral Saúde em Canto, composto por funcionários do hospital.

Para reforçar a importância do tema, a Arena das Dunas estará iluminada com a cor laranja, para lembrar a população da importância de evitar os acidentes que fazem cerca de um milhão de vítimas todos os anos no Brasil.


Redes Sociais

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *