Metrópole Digital receberá R$ 1,5 milhão para criar “hub” de conexões no RN

Metrópole Digital receberá R$ 1,5 milhão para criar “hub” de conexões no RN
Redes Sociais

O Parque Tecnológico Metrópole Digital, junto a uma rede formada por instituições como Sebrae, Fiern, Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN) e o Governo do RN, foram classificados pelo edital do programa Digital BR, iniciativa da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), para receberem um aporte financeiro de R$ 1,5 milhão para um projeto de transformação digital.

Intitulado Transforma RN, o projeto submetido pelo Parque Metrópole e instituições envolvidas concorreu com outras 17 propostas, oriundas de diferentes estados do Nordeste – área de abrangência do edital – e classificou-se em 6º lugar, cujo resultado final foi publicado no dia 1º de dezembro.

Com a aprovação, o projeto destinará a verba conquistada à efetivação do Transforma RN, que visa a formação de um “hub” de conexões no estado potiguar para ofertar um programa de transformação digital, com o intuito de prospectar e identificar as necessidades da cadeia empresarial.

Transforma RN

Com objetivo de promover uma transformação digital na cadeia produtiva do estado potiguar, o projeto Transforma RN visa enfrentar o baixo desenvolvimento digital dos pequenos e médios negócios de alguns setores empresariais do RN, com foco na cadeia de alimentos e bebidas, contemplada na fase piloto do projeto.

Dessa forma, a iniciativa tem o intuito de contribuir para a incorporação digital nos modelos de empresas que serão atendidas pelo projeto, por meio de um trabalho que visa a sensibilização, prospecção, capacitação, acesso a conteúdos e contato entre os negócios no hub de conexões – que será uma plataforma digital voltada à interação – da rede Transforma RN.

Uma vez efetivado, o projeto almeja, ao final de sua execução, que as empresas atendidas incorporem benefícios baseadas em quatro aspectos: aumento da eficiência, experiência do cliente, promoção da inovação e vantagens competitivas.

Oportunidades

De acordo com o diretor do Parque Metrópole, Rodrigo Romão, o edital do Digital BR opera na “Modalidade Concurso”, o que confere ao recurso recebido o caráter de “prêmio”. Dessa forma, cabe à rede do Transforma RN decidir qual a melhor aplicação do aporte conquistado, cumprindo o cronograma físico-financeiro do projeto.

Para o diretor, a aprovação no edital possivelmente será uma oportunidade para que as ações de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidas pelo Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN) estejam em sintonia com as demandas reais do setor produtivo potiguar.

Já no que se refere ao Parque Metrópole, Romão destaca que “o projeto de transformação digital do setor produtivo do estado proporcionará ganhos significativos no papel de aproximar as empresas da universidade, na disseminação da cultura empreendedora e na consolidação do Parque como um polo de tecnologia da informação”.

Fonte: Portal Grande Ponto


Redes Sociais

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *