MP recomenda que prefeito exonere três filhas de vereador por nepotismo, Vixe se essa onda pega

0
278

O prefeito de Mossoró, Alysson Bezerra, recebeu do MP-RN a recomendação de exoneração de pelo menos três funcionárias da Administração municipal.

O Ministério Público entende que há crime de nepotismo na contratação das servidoras. As três funcionárias são: Laura Tamara Alves de Araújo Queiroz, que ocupa o cargo comissionado de Diretora de Unidade Secretaria de Administração, Thaís Alves de Araújo, que ocupa o cargo de Gerente Executivo na Secretaria de Saúde, e Hanna Evelyn Medeiros de Araújo, que ocupa o cargo de Chefe de Divisão no gabinete do prefeito.

As três comissionadas são filhas do apoiador de Alysson, o vereador Raério Emídio de Araújo, o “Raério Cabeção”. A recomendação deve ser cumprida em um prazo de 10 dias, e o prefeito deve comprovar as medidas tomadas a 19° Promotora de Justiça,  através dos atos de exoneração das funcionárias. A prefeitura ainda não se pronunciou sobre o caso.

Mossoroense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui