Oposição Cerrocoraense se formalizando

0
304

Parte da oposição já iniciou conversas políticas para a formação de uma chapa majoritária visando as eleições de prefeito e também de vereador em 2020. Pelo menos quatro vereadores já participam das negociações, dos quais dois deixam a base política da perfeita Graça Oliveira, Maciel Freire e Erinho Albuquerque, que se juntam a Emanuel Gomes e ao presidente da Câmara Municipal, Rodolfo Rodrigues.

O vereador Maciel Freire diz que não se tem, ainda, uma definição da chapa de prefeito e vice: “Vamos ter cautela e construir junto com a população”.

Freire também diz que “obviamente vamos ouvir as lideranças para tomar decisões, porque o nosso intuito é no sentido construir o melhor para população e nossa cidade, sem nenhuma ambição ou vaidade”. Ele acrescenta que em política “não se pode agir pela emoção”.

O novo grupo de oposição em Cerro Corá reuniu-se ontem e inclui o ex-prefeito João Batista de Melo Filho, que confirmou que todos estão unidos em torno de uma proposta política pra Cerro Corá, mas a definição de chapa só ocorrerá entre março e abril do próximo ano. Para JB é muito cedo o fechamento de uma chapa é preciso antes ouvir o eleitorado e trazer outras lideranças, tanto que já se vem conversando com. “Chiquinho do Sindicato” e a ex-vereadora Ana Maria da Silva.

JB avalia que nas eleições municipais de 2020 só terão duas chapas disputando a prefeitura com a prefeita Graça Oliveira tentando a reeleição, embora se cogite uma pré-candidatura do ex-prefeito Raimundo Marcelino Borges, o “Novinho

Fonte: Cerrocoranews

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui