Para governadores, decisão do STF ampliou pressão por imunização rápida contra Covid

Para governadores, decisão do STF ampliou pressão por imunização rápida contra Covid

Governadores ouvidos pelo blog avaliam que a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de autorizar estados e municípios a comprarem vacinas sem aval da Anvisa servirá como uma “dupla pressão” para que a União viabilize uma imunização rápida contra a Covid-19.

Nesta quinta-feira (17), o ministro Ricardo Lewandowski autorizou governadores e prefeitos a comprar vacinas registradas por agências sanitárias estrangeiras. A liberação vale também para o caso de a União descumprir o plano de imunização.

Pela decisão, estados e municípios poderão comprar os imunizantes caso a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não libere o produto no prazo de 72 horas após a apresentação do pedido.

djaildo

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *