Reservas hídricas do RN têm melhora neste início de 2020

0
245

O primeiro Relatório Volumétrico dos Principais Reservatórios Potiguares, divulgado pelo Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), nesta quarta-feira, 8, demonstra que a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do estado, com capacidade para 2,37 bilhões de metros cúbicos, está em melhor condição de armazenamento que a apresentada no mesmo período de 2019.

  • Armando Ribeiro
    O manancial atualmente acumula 547.370.574 m³, o que corresponde a 23,07% da sua capacidade total. No mesmo período de 2019, a Armando Ribeiro acumulava 492.928.200 m³, volume correspondente a 20,54% da sua capacidade total.
  • Santa Cruz
    A barragem Santa Cruz do Apodi, segundo maior reservatório do estado, com capacidade para 599.712.000 m³, atualmente acumula 113.407.749 m³, o que corresponde a 18,91%. No mesmo período do ano passado o reservatório estava com 134.543.171 m³, 22,43% da sua capacidade total.
  • Umari
    Já o açude Umari, com capacidade para 292.813.650 m³, atualmente, acumula 83.167.935 m³, o que corresponde a 28,4% do seu volume máximo. No inicio de janeiro de 2019, o manancial estava com 102.677.002 m³, percentualmente, 35% da sua capacidade.

O acumulado das reservas superficiais totais atualmente é de 970.394.715 m³, dos 4.376.444.842 de metros cúbicos que as Bacias estaduais conseguem armazenar, em termos percentuais, 22,17%. Em um comparativo com o mesmo período de 2019 o acumulado total superficial estadual era de 955.143.767 m³, em termos percentuais, este número correspondia a 21,65%.

A Bacia Hidrográfica Apodi/Mossoró atualmente está acumulando 247.023.710 m³, 22,11%, da sua capacidade que é de 1.117.376.237 m³. No início de janeiro de 2019, o volume acumulado era de 302.863.495 m³, 27% da capacidade total da Bacia.

Já a Bacia Hidrográfica Piranhas/Açu está acumulando 671.930.044 m³, 22,92%, da sua capacidade total que é de 2.931.455.590 m³. No mesmo período de 2019, a Bacia acumulava 613.262.633 m³, 20,67% do seu volume total.

A Bacia Hidrográfica Ceará-Mirim também está em melhor condição que no ano anterior, com um acumulado de 31.382.646 m³, 23,08% da sua capacidade, que é de 136.000.000 m³. Em 2019 ela estava com 21.533.314 m³, correspondentes a 15,83% do seu volume total.

A Bacia Potengi atualmente acumula 20.058.315 m³, 17,75% do seu volume total que é de 112.975.265 m³. No mesmo período de 2019, o acumulado era de 17.484.324 m³, correspondentes a 15,48%, do volume total da Bacia.

Dos 47 reservatórios com capacidade superior a 5 milhões de metros cúbicos monitorados pelo Igarn, atualmente, 9 estão com volumes inferiores a 10% de sua capacidade, o que em termos percentuais corresponde a 19,14%. Já os secos são 7, percentualmente, 14,89%. No mesmo período de 2019 também eram 9 os mananciais com menos de 10% da sua capacidade. Já os secos eram 8, percentualmente, 17,02% do total dos reservatórios monitorados.

Agora RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui