RN terá monitoramento moderno de previsão do tempo e de monitoramento de chuvas

RN terá monitoramento moderno de previsão do tempo e de monitoramento de chuvas
Redes Sociais

O Rio Grande do Norte terá um monitoramento hidrometeorológico, climático e agrometeorológico amplo e moderno. Isso significa que a previsão do tempo e de chuvas, além do monitoramento pluviométrico, serão acompanhados de forma mais estratégica em prol da cultura agrícola e da vida no campo. Para isso, o Governo do RN investiu cerca de R$5,5 milhões no desenvolvimento de softwares e na compra de equipamentos agrometeorológicos e de Tecnologia da Informação. As aplicações foram viabilizadas pelo Projeto Governo Cidadão, via acordo de empréstimo com o Banco Mundial.

Com o plano concluído nesta semana, a empresa desenvolvedora e implementadora da ferramenta, L&L Soluções e Sistemas, apresentou todos os módulos de funcionamento aos técnicos da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte – Emparn, responsáveis pelo seu funcionamento. Após a apresentação foram pontuados alguns ajustes necessários para que o sistema possa ser entregue aos norte-rio-grandenses.

A rede vai monitorar variáveis meteorológicas como temperatura, umidade do ar, vento, pressão atmosférica, radiação solar, umidade e temperatura do solo e quantidade de chuva. As medições serão feitas de hora em hora e transmitidas online para o servidor da Emparn.

Fotos: Emater RN

A partir dessas informações será possível melhorar o zoneamento e monitoramento agrícola, dando mais segurança aos agricultores, principalmente para escolher a hora e a cultura agrícola adequadas à sua propriedade, uma vez que o monitoramento climático mais eficaz possibilita auxiliar na gestão dos recursos hídricos do Estado.

“Com essas adequações, a Emparn vai disponibilizar de forma mais eficaz, a previsão do tempo e o monitoramento de chuvas, informações de extrema importância no dia a dia de áreas como o turismo, a agricultura e a pecuária do Estado”, comentou o Secretário de Gestão de Projetos e Metas e coordenador do Governo Cidadão, Fernando Mineiro, contando que, além do sistema que gerencia os modelos de previsões meteorológicas, foram adquiridos e instalados 100 pluviômetros automáticos e 15 novas estações automáticas para se somarem aos equipamentos que a Emparn já detinha.

O Chefe da Unidade Instrumental de Meteorologia da Empresa, meteorologista Gilmar Bristot, explicou que essa reformulação vai marcar a meteorologia do RN, tornando-a mais acessível, atualizada e eficaz.

“A ampliação e modernização de nosso monitoramento hidrometeorológico, climático e agrometeorológico é de grande importância para todas as áreas relacionadas ao meio ambiente, uma vez que teremos acesso a informações valiosas de maneira automática e periódica a cada hora. Daremos um salto enorme na qualidade das informações coletadas em campo, nos 167 municípios potiguares, de forma a atender a todos os setores produtivos, além da defesa civil e para pesquisa na área educacional”, disse Bristot que completou: “Vai ser um diferencial importante para todo o Estado, disponibilizando todas as informações à população, em breve, por meio da internet, nas plataformas da Emparn”.


Redes Sociais

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *