Sem bolsa atleta, Regiclecia Silva “raspa mandioca” para ajudar nas despesas

0
708
Filha de agricultores e sem bolsa-atleta, a promessa cerrocoraense para o atletismo do Rio Grande do Norte, nos saltos em distância e triplo, Regiclécia Cândido da Silva, que já é campeã brasileira sub 20, nas provas de salto em distância e salto triplo, percorre 10 quilômetros de bicicleta (ida e vota) para estudar e treinar desde o sítio Baixa Verde, até a cidade de Cerro Corá. Aos 18 anos, ela ainda tem de acordar antes das 5 horas para trabalhar meio-dia três vezes por semana numa fábrica de farinha, onde raspa mandioca, e no começo da tarde dedicar-se à carreira como atleta.
Em entrevista ao apresentador Ed Oliveira no programa “Metro Esportivo”, que foi ao ar nesta terça-feira (12), na TV Metropolitano, Regiclécia Cândido contou de sua luta para conciliar a vida de atleta, estudante (já concluiu o ensino médio) e na agricultura: “Levo uma vida de atleta, mas não é tão fácil e simples, ser atleta já não é tão fácil, porque não moro na cidade, moro na zona rural”.
Uma sorridente atleta cerroraense disse que como não recebe bolsa-atleta, tem de dividir o trabalho” com a carreira: “Não tenho patrocínios, tenho de arcar com as minhas despesas”.
Regiclécia falou da emoção de ter se sagrado campeã brasileira em Bragança Paulista, em dezembro do ano passado. “Foi um momento extraordinário, não consegui pensar em nada, corri de felicidade depois que fiz a minha marca de 12,84 metros, já no segundo salto, até porque não estava 100% bem clinicamente, estava sentido dores no quadril”, relembrou.
A atleta disse que já corre há seis anos, quatro dos quais foi em prova de velocidade, mas só faz pouco mais de dois anos que está no salto triplo, “onde encaixei e venho colhendo os frutos do trabalho de todo esse tempo”.
No decorrer da entrevista surgiu a promessa de se conseguir uma bolsa por uma entidade estudantil de Natal.
*Valdir Julião
Link da entrevista
na TV Metropolitano
https://www.facebook.com/tvmetropolitanooficial/videos/907295153347785/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui