TCE vai apresentar diagnóstico sobre Ouvidorias nos municípios durante evento em alusão ao Dia do Ouvidor

TCE vai apresentar diagnóstico sobre Ouvidorias nos municípios durante evento em alusão ao Dia do Ouvidor
Redes Sociais

Os Tribunais de Contas de todo o país vão abrir suas portas, no próximo dia 16 de março, para debater o papel, as ações executadas e os resultados alcançados pelas Ouvidorias, setores que vem a cada ano ganhando relevância nas instituições públicas. Trata-se do “Ouvidoria Day” que, no Rio Grande do Norte, constará de palestras e debates de temas significativos, no auditório do TCE. As inscrições podem ser feitas no endereço eletrônico http://www.tce.rn.gov.br/EscolaContas/Inscricoes.

A programação será iniciada às 9h, com as palavras do presidente do TCE, conselheiro Francisco Potiguar Cavalcanti Júnior, e dos conselheiros Ouvidor, Carlos Thompson Costa Fernandes, e Corregedor, Gilberto Jales. Logo em seguida a coordenadora da Ouvidoria do TCE, Marise Magaly, fará a divulgação do Relatório/Diagnóstico do Projeto “Rotas para Ouvir”, que tem como principal objetivo estimular a criação e desenvolvimento de Ouvidorias no âmbito dos municípios, facilitando o contato direto do cidadão com os órgãos públicos e, por conseguinte, contribuindo para o controle social e transparência da gestão pública.

O evento terá continuidade com apresentação de Boas Práticas da Ouvidoria e do tema “A importância da Ouvidoria e a transparência na gestão pública” a cargo do ouvidor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Elias Jacob, e representantes da Controladoria Geral da União (CGU), Karlla Danielle e Juliana Rangel.

A ideia do Ouvidoria Day surgiu durante reunião ordinária do Comitê Técnico das Corregedorias, Ouvidorias e Controle Social do Instituto Rui Barbosa (IRB), em meio à programação do Congresso Internacional dos Tribunais de Contas, realizado em Foz do Iguaçu-PR, em novembro de 2019.  “Vamos aproveitar uma data comemorativa, o Dia do Ouvidor, para estimular a divulgação das ações das Ouvidorias de todos os Tribunais de Contas e, assim, fortalecer e fomentar o controle social e a transparência pública”, explicou o presidente do Comitê Técnico das Corregedorias, Ouvidorias e Controle Social do IRB, conselheiro Gilberto Jales.


Redes Sociais

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.