TSE propõe a comandantes da PM restrições a porte de armas nas eleições

Redes Sociais


O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, reuniu-se com comandantes-gerais das Polícias Militares em Brasília, na manhã de ontem, para discutir medidas de segurança nos primeiros e segundo turnos das eleições de 2022, como foi o caso do comandante da PM do Rio Grande do Norte, o coronel Alarico Azevedo.

Durante a reunião, Alexandre de Moraes, pediu que os comandantes analisassem “eventual restrição ao porte de armas” para a categoria de Caçadores, Atiradores e Colecionadores (CACs) no dia das eleições.


Redes Sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.