Força-Tarefa SUSP e Polícia Federal combatem organização criminosa especializada no tráfico de drogas no RN

A Força-Tarefa de Segurança Pública SUSP RN deflagrou, na manhã desta quinta-feira (17/11), sob coordenação da Polícia Federal, a Operação Veios II, visando desarticular grupo suspeito de integrar organização criminosa especializada no tráfico de drogas com atuação em todo estado do Rio Grande do Norte.

Cerca de 25 policiais cumpriram cinco mandados de prisão preventiva e quatro mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Poder Judiciário do estado do Rio Grande do Norte, nos municípios de Natal, São Gonçalo do Amarante e Ceará Mirim/RN.

Com o avanço das investigações foi possível identificar outros integrantes do grupo ligado a primeira fase da operação deflagrada em 19 de abril de 2022.

Os detidos serão encaminhados à sede da Polícia Federal no Rio Grande do Norte e posteriormente ao sistema prisional, onde permanecerão a disposição Justiça.

O nome da operação é uma alusão à “Batalha de Veios”, na qual o Exército Romano realizou um cerco à cidade etrusca de Veios, com estratégias bem-sucedidas, que levaram Roma a vitória e conquista do território.

FORÇA-TAREFA

A Força-Tarefa SUSP no Rio Grande do Norte é composta pela Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Departamento Penitenciário Nacional, Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (SEAP) e Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social do RN (SESED).

BG

Colisão entre moto e caminhonete em Currais Novos deixa um morto

A Polícia Rodoviária Estadual da cidade de Currais Novos (RN), atendeu neste sábado (12), por volta das 19h, ocorrência de acidente de trânsito registrado na rodovia de acesso ao Povoado Cruz.

Morreu no local, Jonas Pereira Salustino, de 21 anos. Ele pilotava uma moto Honda CG 160cc Fan, de cor cinza, ano 2019, quando colidiu com uma caminhonete L200 Triton, de cor prata, ano 2013.

A motocicleta colidiu na parte posterior da caminhonete e o condutor e passageiro foram arremessados ao solo, inclusive, o segundo ocupante da moto, que sofreu ferimentos e foi socorrido com vida, era irmão do condutor. O motorista da caminhonete prestou socorro às duas vítimas.

No hospital, o dono da caminhonete teve que ser internado por causa da forte comoção ao descobrir que os ocupantes da moto eram seus parentes.

PRF inicia Operação Proclamação da República 2022 no Rio Grande do Norte

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realiza a partir desta sexta-feira) (11) até o dia 15 de novembro (terça-feira), a Operação Proclamação de República 2022. Durante este período será reforçado o policiamento ostensivo preventivo em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade, de acordo com as estatísticas.

O dia comemorativo da Proclamação de República ocorre, este ano, em uma terça-feira, promovendo um feriado prolongado com consequente aumento no fluxo de veículos e de ônibus de passageiros nas rodovias federais. Esses fatores contribuem para o aumento da violência no trânsito, podendo provocar elevação na quantidade de acidentes graves, feridos e mortos.

Nesse sentido, a instituição irá direcionar ações de policiamento e fiscalização com foco na segurança viária, em especial na prevenção e redução da gravidade dos acidentes de trânsito, bem como intensificar o enfrentamento à criminalidade no período da Operação. Considerando que a missão institucional da PRF é “Promover a segurança pública, protegendo vidas, garantindo a mobilidade nas rodovias federais e nas áreas de interesse da União”, a Operação Proclamação de República 2022 visa garantir aos usuários das rodovias federais segurança e fluidez do trânsito.

ORIENTAÇÕES PARA UMA VIAGEM SEGURA

– Inicialmente fazer um planejamento da viagem, identificar locais de parada para abastecimento, alimentação e descanso do motorista.

– Fazer uma revisão no veículo, verificando freios, luzes, nível de combustível, dentre outros itens obrigatórios e fundamentais para sua segurança.

– Verificar se a documentação do veículo e do condutor se estão em dia.

– Antes de iniciar a viagem, com o veículo ainda parado, colocar o cinto de segurança e se certificar que os demais passageiros também estejam, lembrando que as crianças deverão usar dispositivo de retenção adequado para a sua idade e peso (ex: Bebê conforto, cadeirinha ou assento de elevação).

– No caso de motocicleta, colocar adequadamente o capacete, tanto o condutor quanto o passageiro.

– Durante a viagem, respeitar a sinalização e as normas de trânsito. Destacamos especialmente o respeito aos limites de velocidade, só ultrapassar em locais permitidos e com segurança, não transitar pelo acostamento e por fim, jamais misturar bebida e direção.

– Para comunicação de crimes e acidentes a PRF dispõe do número de emergência 191

Vídeo mostra criminosos explodindo posto de combustíveis em Tangará (RN)

Um posto de combustíveis foi explodido durante a madrugada desta segunda-feira (7) no município de Tangará, distante 95 quilômetros de Natal (RN). Funcionários do posto Domingos foram abordados por criminosos que chegaram armados. Imagens de câmeras de segurança mostram o momento da explosão.

O ataque foi flagrado por câmeras de segurança do estabelecimento. Assim que chegam ao posto, eles rendem pelo menos uma pessoa e começam a preparar a explosão. Durante a ação, um motociclista chega ao local e também é rendido.

Em poucos instantes, ocorre a explosão. No local, ficou o cenário de destruição. Ainda não se sabe se o dinheiro foi roubado. No local, algumas cédulas ficaram espalhadas pelo chão. O dinheiro ficou manchado com uma tinta de segurança, que inutiliza a nota.

Fonte: Ponta Negra News/Portal da Tropical

CAMINHÕES PEGAM FOGO APÓS COLISÃO E BR-304 É INTERDITADA NO RN

A BR-304 foi totalmente interditada após um acidente envolvendo dois caminhões, na altura do município de Itajá, no Oeste potiguar, na manhã desta quarta-feira (2). Os veículos pegaram fogo, após a colisão, segundo informou a Polícia Rodoviária Federal.

A interdição ocorre nos dois sentidos da via, que corta o Rio Grande do Norte de Leste a Oeste e liga as duas maiores cidades potiguares – Natal e Mossoró.

Até a última atualização desta matéria, não havia informações sobre feridos. A PRF informou que equipes da corporação e do Corpo de Bombeiros foram enviadas ao local.

O acidente aconteceu na altura do quilômetro 125 da rodovia.

G1RN

Esquema de segurança para o segundo turno já começou no RN

O esquema de segurança iniciou na manhã deste sábado para o segundo turno das eleições em todo o Rio Grande do Norte. Policiais militares se reuniram no quartel do Comando Geral para sair em direção às cidades do interior do estado. 

Ao todo, serão aproximadamente 8 mil militares que participam da segurança, nos 1.49 locais de votação do estado. O esquema deve contar com a presença de pelo menos dois agentes em cada ponto, a partir das 18 horas de hoje, até a meia noite do domingo (30). 

O deslocamento de parte dos policiais para os municípios do interior foi feito em ônibus cedidos pela Polícia Militar. Além disso, veículos de outras secretarias do estado, como a de Tributação, darão suporte ao policiamento. A necessidade de carros extras se dá em razão do efeito, que é triplo do habitual. 

Para reforçar a segurança, diante da ausência de forças também, a Polícia Civil, o Corpo de Bombeiros e o Município vão atuar no. Uma novidade é que pela primeira vez para funcionar nas segundas falhas do estado agentes penais também durante o pleito. 

A segurança das defesas vai proteger com reforço de 56 policiais penais, 160 militares dos bombeiros e 1.520 guardas municipais. Além de agentes da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). 

Durante o fim de semana, as quatro estações de plantação de Natal funcionando. E, no interior, com de mais 10 regionais nas cidades de São Paulo do Potengi, Mossoró, Caico, Pau dos Ferros, Macau, Nova Cruz, Patu, Alexandria, Santa Cruz e João Câmara.

Quatro de cada 10 armas de fogo registradas na PF estão com cadastro vencido

Segundo a Polícia Federal, de janeiro a outubro deste ano, os agentes apreenderam quase 10 mil armas de fogo com o registro vencido. Quatro de cada dez armas de fogo registradas na Polícia Federal estão com o cadastro vencido e não se sabe se foram para as mãos de bandidos.
A preocupação de especialistas aumenta diante dos números. São quase 6 milhões de armas de fogo cadastradas no sistema da Polícia Federal no Brasil.
Segundo a PF, 47% desse total estão com o registro vencido. Significa que, de cada dez armas no país, quatro apresentam irregularidade na documentação, que hoje tem que ser renovada de 10 em 10 anos.
Para renovar o registro de uma arma de fogo, o titular precisa mostrar que não tem antecedentes e que não está respondendo a um inquérito ou processo criminal. Ele também tem que comprovar novamente que possui capacidade técnica e psicológica para usar uma arma.
Quando esta documentação não está em dia, a Polícia Federal fica sem informações importantes para a segurança da população.
Segundo a Polícia Federal, de janeiro a outubro deste ano, os agentes apreenderam quase 10 mil armas de fogo com o registro vencido, mas não há efetivo suficiente para fazer uma busca ativa de milhares de armas em situação irregular, diz o presidente do Sindicato dos Delegados da Polícia Federal/MG, Rodrigo Teixeira.
“A Polícia Federal, historicamente, sempre teve um problema de efetivo, mas, a partir de 2019, nos últimos três anos, com essa flexibilização da possibilidade do cidadão adquirir armamento, isso agravou enormemente, agravou exponencialmente, essa questão do controle de armamento”, afirma.
A Polícia Federal é responsável pelo controle de armas de fogo em poder da população. Nos primeiros seis meses deste ano, a PF emitiu mais 117 mil novos registros de armas. Em todo o ano de 2012, por exemplo, o número de registros ficou em 53 mil.
O Exército controla os registros de armas de colecionadores, atiradores desportivos e caçadores, os chamados CACs, e também o armamento particular de militares. No sistema do Exército, constam 60 mil armas com registro vencido. O Exército não informa o número total de registros.
A posse de arma de fogo só é considerada crime quando o armamento não possui registro. Quando o proprietário é flagrado em posse de uma arma com o registro vencido, ele tem 60 dias para renovar, transferir para outro dono ou entregar a arma para a polícia.
O gerente do Instituto Sou da Paz, Bruno Langeani, afirma que é preciso reforçar a fiscalização de controle de armas no Brasil.
“A gente precisa ter uma mudança nas regras. O Brasil começou com o registro de armas com validade de três anos, depois passou para cinco e o governo, agora, passou para dez anos. É uma insegurança, é uma falta de controle que, na prática, vai desembocar em mais armas indo para o crime, mais crimes sendo cometidos com arma de fogo”, ressalta.

Policia Civil do RN tem déficit de 3,8 mil agentes, policiais cobram reposição de vagas

Com um déficit de 3,8 mil servidores na Polícia Civil, as entidades de representação da categoria apontam a necessidade de aumento do efetivo, com a convocação dos classificados no último concurso. Segundo o Sindicato dos Policiais Civis, o Estado teria como repor mais 115 vagas de agentes, escrivães e delegados, deixadas por aposentadorias, exonerações e falecimentos, além das 360 nomeações efetivadas na semana passada. A comissão de classificados do certame diz que há espaço para reposição imediata dos postos, mas “falta de vontade política”. Com 1.251 agentes, RN tem hoje menos policiais do que em 2016, quando o baixo efetivo de 1.352 agentes motivou a abertura do concurso, segundo levantamento.

“O Tribunal de Contas e o Ministério Público autorizaram o governo a repor as aposentadorias e as mortes desde 2016, que poderiam ter sido repostos de forma imediata pelo governo, mas o governo não quis, preferiu fazer uma turma menor de 400 e só formou 360. Se o governo quiser tem vaga de reposição imediata, não precisa nem fazer acordo. É isso que estamos cobrando”, diz Adson Felipe Rocha, membro da comissão dos classificados. A TN tentou ouvir o Governo do Estado sobre a possibilidade de novas convocações, mas não obteve retorno.

Entidades representativas dos policiais civis ressaltam que o processo em curso, que deve empossar 360 agentes até novembro, somente repõe parte das vagas abertas pelos policiais que se aposentaram e não representa incremento real do efetivo. Com os novos convocados, o efetivo deve chegar próximo a 1,5 mil agentes, mas o organograma da instituição prevê 5.150 profissionais, portanto o déficit deve permanecer na casa dos 70%. Atualmente, sem os novos nomes, o déficit da corporação é de 75,8%. O Estado ainda terá mais 154 vacâncias, de policiais civis aptos a pedir aposentadoria.

“O que o governo está fazendo hoje é repor uma parte que está saindo. Não existe ganho real nenhum para a instituição, para a sociedade. A Polícia Civil opera com um déficit absurdo e ele vem sendo agravado. Mesmo após a formação da primeira turma de 360 agentes, ainda está faltando policial para repor as vagas dos últimos seis anos. Então por isso é fundamental termos uma segundo turma, pelo menos para equilibrar e quem sabe ter um incremento real”, conta.

Tribuna do Norte.

Evento político com a Governadora é encerrado após homem efetuar disparos de arma de fogo

A governadora Fátima Bezerra (PT) participava de mobilização política pró-Lula em Macaíba, quando tiros foram disparados. Imediatamente a chefe do executivo estadual e as demais lideranças deixaram o local.

Também estavam na movimentação o vice-governador eleito Walter Alves, Rafael Motta, Carlos Eduardo e o vice-prefeito Netinho França. Ainda não se sabe a motivação dos tiros. A Polícia foi chamada mas não conseguiu identificar quem atirou.

A informação é que uma pessoa, em uma moto, teria disparado próximo ao local do evento, mas para cima. Os tiros causaram correria e o movimento foi esvaziado. Fátima e a sua equipe saíram rapidamente. Mas ninguém foi preso. Pelo Twitter, ela afirmou estar bem.

Oito pessoas são detidas no Interior do RN, após tentativa de fraude em provas teóricas no Detran

Oito pessoas foram encaminhadas para a delegacia de São José do Mipibu, na tarde desta sexta-feira (21), suspeitas de fraude durante provas teóricas no Departamento de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran/RN).  A tentativa de fraude ocorreu na cidade de São Paulo do Potengi, distante 80km de Natal.

De acordo com a Polícia Civil o candidato que ia fazer a prova técnica vestia roupas onde eram conectados equipamentos de comunicação como ponto eletrônico e microfone, enquanto um dos golpistas, ficava do lado de fora da sala de aula passando as respostas.

O esquema foi descoberto após um dos equipamentos apresentar problema. O candidato ao perceber a falha, teria ficado nervoso e deixado a sala de aula para encontrar o grupo que estava do lado de fora, o que chamou a atenção da polícia, que identificou o material.

O material utilizado e as pessoas envolvidas foram encaminhadas para a delegacia de São José do Mipibu.  Duas pessoas foram autuadas.