Índice de infecção de varíola de macacos cresce no RN e possui 65 casos suspeitos, Cerro Corá e Lagoa Nova na lista

Redes Sociais


“O estado do Rio Grande do Norte chegou a marca dos 18 casos da varíola dos macacos, também conhecida pela vírus Monkeypox.

O número assusta, principalmente, pelo crescente índice de casos suspeitos que chegou a 65, de acordo com os dados divulgados na terça-feira (23) pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) e pela Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (Sesap).

No último sábado (20), eram 18 casos confirmados registrados e 57 suspeitos.

Os 65 casos suspeitos estão distribuídos entre várias cidade do Rio Grande do Norte:

Tibau do Sul (1)
São Rafael (2)
São Gonçalo do Amarante (2)
Riachuelo (1)
Parnamirim (7)
Nova Cruz (3)
Natal (25)
Mossoró (1)
Marcelino Vieira (1)
Lagoa Salgada (1)
Lagoa Nova (1)
Jandaíra (5)
Extremoz (6)
Ceará-Mirim (1)
Baraúna (1)
Angicos (1)]
Cerro Corá (1)
Bento Fernandes (01)
São José de Mipibu (3)
País Portugal (1)
A DOENÇA

A Varíola dos Macacos é uma doença causada pelo vírus “Monkeypox”, que pertence à mesma família do vírus que causava a varíola. É uma doença que pode infectar tanto os seres humanos quanto os animais e, por isso, ela é uma zoonose. O período de incubação do vírus se dá por volta de 7 a 21 dias. Após esse período, o paciente apresenta febre alta, mialgia, fadiga, dor de cabeça, cansaço, dor nas costas e aumento dos glânglios linfáticos. Uns dois ou três dias após o quadro febril, inicia o aparecimento das erupções (bolhas) na pele.

Com informações do Agora RN


Redes Sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.