INSS alerta sobre golpe que usa prova de vida para roubar dados pessoais

INSS alerta sobre golpe que usa prova de vida para roubar dados pessoais
Redes Sociais

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) alertou para um novo golpe que usa a prova de vida como isca. Criminosos se passam por servidores e pedem o envio de dados para evitar um suposto “bloqueio nos pagamentos”.

As abordagens, segundo o INSS, podem ocorrer por mensagem de texto (SMS ou WhatsApp), telefone, e-mail ou até mesmo por carta. Os golpistas solicitam dados pessoais e fotos de documentos alegando que o protocolo evita a suspensão do benefício.

Em alguns casos, eles mandam links para que o segurado realize a biometria facial. “A pessoa que fala é muito segura e pode até passar algum dado pessoal do segurado com a intenção de dissimular a farsa”, ressaltou o INSS.

O órgão também pede que as pessoas não enviem nenhum dado pessoal. O INSS não faz contato por telefone para procedimento de prova de vida.

A obrigatoriedade da prova de vida está suspensa até 31 de dezembro deste ano. Nenhum benefício será suspenso até a data.
Segundo o INSS, tentativas de golpes devem ser denunciadas pela internet ou pelo telefone 135. Segurados que caíram no golpe são orientados a registrar um boletim de ocorrência, além de comunicar aos órgãos envolvidos, como o INSS e o banco em que recebe o benefício.

Veja algumas dicas do INSS para não cair em golpes:

  • O INSS nunca entra em contato direto com a pessoa para solicitar dados, nem pede o envio de fotos de documentos por e-mail, WhatsApp ou outros canais de mensagem;
  • O canal digital oficial para envio de documentos é o Meu INSS. O segurado jamais deve enviar documentos por e-mail;
  • O número do SMS usado pelo INSS para informar os cidadãos é 280-41. O INSS nunca manda links. Apenas informa sobre o andamento dos processos no Meu INSS;
  • A biometria facial deve ser feita exclusivamente pelo aplicativo gov.br;
    Sempre que o INSS convoca o cidadão para apresentar documentos, essa convocação fica registrada no Meu INSS e também pode ser verificada pelo telefone 135;
  • A pessoa deve utilizar apenas os canais oficiais de atendimento para cumprir qualquer solicitação do INSS, seja para agendar um serviço, seja para entregar algum documento: aplicativo/site Meu INSS ou agência da Previdência Social (com agendamento);
  • Quando alguém liga para o telefone 135, o atendente pode pedir algumas informações. Esse é um procedimento de segurança para confirmar a identidade de quem telefonou.


Redes Sociais

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.