Cerrocoraense tendo sua rotina quebrada com a falta d’água e o coronavírus em 2020

0
328

O Cerrocoraense teve sua rotina quebrada neste ano de 2020, todos os planos sofreram alterações, se divertiram no carnaval somente, depois veio à pandemia do coronavírus – Covid -19, se não bastasse, tivemos os roubos de transformadores em áreas que afetam a distribuição de água que vem do principal reservatório do município, açude Pinga responsável pelo abastecimento da zona urbana.

Foram dois transformadores roubados somente este ano num curto prazo de tempo em maio e agosto, a população maior afetada, está tendo outra despesa em seu orçamento, a compra de água independente, está sendo comum ouvir o barulho do motor-bomba puxando água dos caminhões para as residencias, em media mil litros custam R$30,00.

O maior questionamento é que a Companhia de Água – Caern, não se manifesta, os blogs do município é que tem que buscar as informações para repassar para a população usuária.

As contas chegaram às residências, está sendo cobrado o mesmo percentual de gastos de  uma rotina normal, vale lembrar que apenas uma vez está ocorrendo o abastecimento nas residências.

O que fazer, dona Caern ?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui