Com apoio do MPRN, Currais Novos ganhou sala de acolhimento para mulheres vítimas de violência

Com apoio do MPRN, Currais Novos ganhou sala de acolhimento para mulheres vítimas de violência
Redes Sociais

As mulheres vítimas de violência doméstica e familiar de Currais Novos têm mais um espaço para atendimento. Foi inaugurada a Sala de Acolhimento “Fernanda Irassoara Borges de Araújo”. A estruturação do local vem das verbas dos acordos judiciais firmados pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e das penas pecuniárias.

O trabalho contou com o engajamento do Tribunal de Justiça do Estado (TJRN), da Defensoria Pública do RN (DPE), das polícias Civil e Militar, da Prefeitura Municipal, da Associação de Praças e Bombeiros Militares do Seridó (APBMS) e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O serviço que será disponibilizado na sala integra, na verdade, o programa Maria da Luz. Trata-se de uma rede proteção a essa mulher que sofreu violência de parceiros, ex-parceiros ou algum ente familiar criada em Currais Novos. Essa rede também é reflexo dos esforços empreendidos em conjunto pelas instituições envolvidas, já mencionadas.


Redes Sociais

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.