Com recorde na arrecadação, Fátima não paga o PROEDI há cinco meses; já falam em Impeachment

0
284

84 996140787A gritaria é geral dos prefeitos do Rio Grande do Norte. Mesmo o Estado quebrando recordes de arrecadação em novembro, a governadora Fátima Bezerra não consegue cumprir com seus compromissos constitucionais para com os municípios potiguares. O PROEDI que é parte da arrecadação de ICMS está em atraso há cinco meses.

Pressão pelo impeachment

Enquanto a governadora Fátima está fugindo de uma das suas obrigações constitucionais, tem prefeitos pressionando a diretoria da Fermurn e já falando em pedir o impeachment da governadora por pedalada fiscal. Nos moldes de Dilma.

As últimas datas que o Secretário de Planejamento e Finanças do Estado, Ademir Freire sinalizou ao prefeito Naldinho, presidente Femurn para regularizar o pagamento tem ficado só da boca para fora. No mês de novembro, o estado arrecadou R$ 618 milhões, 20% a mais que o mês de novembro de 2019.

Fonte: Robinson Pires

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui