Edital do IFRN prevê mais de mil vagas para cursos destinados a quem já concluiu o ensino médio

Redes Sociais


A Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (Proen/IFRN) publicou, nesta quarta-feira (26), o Edital nº 48/2022, que anuncia o processo seletivo para cursos técnicos de nível médio na modalidade subsequente. As oportunidades são para ingresso no primeiro semestre letivo de 2023.

São 1080 vagas, ofertadas por 13 campi do Instituto, destinadas a quem já concluiu o ensino médio e está em busca de uma formação profissionalizante. As vagas são divididas por listas geral e específicas (cotas) de concorrência.

Inscrições

As inscrições para o processo seletivo têm início às 14h do dia 31 de outubro e vão até as 23h59 de 21 de novembro de 2022. A ação deve ser realizada, exclusivamente, de forma on-line, na Área do Candidato do site da Fundação de Apoio ao IFRN (Funcern), realizadora do processo seletivo. Segundo o Edital nº 48/2022, no formulário de inscrição, o candidato deverá informar o número de um documento oficial de identificação e do próprio CPF.

Os candidatos poderão solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 30, no período de 31 de outubro a 6 de novembro de 2022. Para isso, deve-se acessar a Área do Candidato e preencher o formulário de requerimento de isenção, informando o número do NIS.

Seleção

O processo seletivo contará com a aplicação de três provas: Língua Portuguesa (com 20 questões de múltipla escolha); Matemática (também com 20 questões de múltipla escolha); e Produção Textual Escrita. Todas as questões serão baseadas em conteúdos do ensino médio.

O cartão de inscrição para a realização da prova estará disponível a partir do dia 11 de dezembro deste ano. Nele, estarão indicados o dia e o local das provas, que serão aplicadas das 13h às 17h. O resultado final será divulgado no dia 16 de fevereiro de 2023.

Procedimentos de heteroidentificação

A autodeclaração dos candidatos como negros ou indígenas, feita no ato da inscrição do processo seletivo, será confirmada através de um procedimento de heteroidentificação. A ação será realizada por uma comissão responsável pela validação das informações apresentadas e ocorre de acordo com resolução específica, aprovada pelo Conselho Superior do Instituto (Consup/IFRN).

Conforme o Edital, a aferição de cor-etnia negra (preta ou parda) não se refere à apresentação de documentos, como Certidão de Nascimento, ou à ascendência do candidato, ou seja, quem são seus pais, avós ou bisavós. A confirmação ocorrerá, apenas, com base nas características físicas do próprio candidato.

As pessoas autodeclaradas negras deverão preencher e entregar, no momento da aferição, que vai ocorrer entre os dias 2 e 8 de fevereiro de 2023, o formulário de autodeclaração e autorização imagem, conforme os anexos VIII e IX do Edital. No local indicado, perante a Comissão Local de Heteroidentificação, o candidato autodeclarado negro deverá realizar os seguintes procedimentos:

  • Se posicionar de frente para a câmera;
  • Responder aos seguintes questionamentos: “Você confirma a sua autodeclaração como candidato negro (preto ou pardo)?”; “Você autoriza a gravação em vídeo e uso das imagens do procedimento de heteroidentificação pelo IFRN?”;
  • Mostrar o dorso de ambas as mãos para a câmera, conforme for orientado;
  • Fazer os movimentos para visualização dos perfis de seu rosto, conforme for orientado; e
  • Assinar a declaração de comparecimento.

Já o processo de aferição dos candidatos que se autodeclararem indígenas será realizado através do envio da Declaração de Pertencimento Étnico, conforme o modelo do Anexo X do Edital, no período de 28 de janeiro a 2 de fevereiro de 2023. Para segurança e integridade do procedimento, todo o processo de aferição será gravado, e as imagens permanecerão sob a guarda do IFRN.

Portal 96 FM


Redes Sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *