MPRN amplia para 70% trabalho presencial durante a pandemia; eventos presenciais serão retomados com limitações

MPRN amplia para 70% trabalho presencial durante a pandemia; eventos presenciais serão retomados com limitações
Redes Sociais

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) vai ampliar para 70% a quantidade de integrantes da instituição no rodízio de trabalho presencial em todas as suas unidades. Uma nova resolução sobre o trabalho presencial durante a pandemia de covid-19 foi publicada na edição desta terça-feira (28) do Diário Oficial do Estado. Essa ampliação passa a vigorar a partir da próxima segunda-feira (4). A resolução também trata da retomada dos eventos presenciais, respeitando-se as limitações impostas pelas regras de biossegurança.

As mudanças fazem parte das medidas graduais de retorno ao trabalho presencial e foram adotadas em razão da diminuição da taxa de transmissibilidade da doença e diminuição do percentual de ocupação de leitos de UTI, bem como pela ausência de casos de transmissão dentro dos ambientes de trabalho do MPRN.

A Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) reforça a necessidade de serem mantidos os cuidados para se evitar a transmissão do vírus. Devem continuar sendo respeitados o distanciamento mínimo de dois metros entre as estações de trabalho, o uso de máscaras e a higienização de mão e objetos pessoais. Além disso, integrantes devem informar ao Setor de Bem-Estar (SBE) da instituição quando tomarem desde a 1ª dose ou a dose única da vacina contra a covid-19.

Eventos presenciais

A nova resolução também trata sobre a realização de eventos presenciais nas unidades do MPRN. Eles poderão ser retomados a partir do dia 18 de outubro deste mês, sempre se observando a ocupação máxima do local destinado para esses fins de acordo com os protocolos de segurança sanitária e os critérios de distanciamento social fixados pela Gerência de Engenharia, Arquitetura e Manutenção do MPRN.


Redes Sociais

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *