Deputados de Frente Parlamentar das Águas visitam obras de integração do São Francisco

Deputados de Frente Parlamentar das Águas visitam obras de integração do São Francisco
Redes Sociais

Os deputados que integram a Frente Parlamentar das Águas, da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Galeno Torquato (PSD), presidente do grupo de trabalho; Francisco do PT, vice-presidente e Coronel Azevedo (PSC) participaram nesta sexta-feira (28) de uma visita técnica às obras do Programa de Integração do Rio São Francisco (PISF), nos municípios paraibanos Cachoeira dos Índios, Cajazeiras e São José de Piranhas.

Os parlamentares ficaram satisfeitos com o andamento dos trabalhos, notadamente porque constataram que eles vão permitir a chegada da água do Rio São Francisco ao Rio Grande do Norte, a partir do Rio Piranhas-Açu e posteriormente, pelo ramal Apodi, ao rio Apodi-Mossoró e aos reservatórios de Pau dos Ferros e Apodi.

Acompanhados de técnicos do Ministério do Desenvolvimento Regional e de colegas parlamentares da Paraíba, a comitiva foi ao sítio Redondo, em Cachoeira dos Índios, local onde será construído o Reservatório Tambor.

É de lá que será alimentada a segunda entrada da água do Velho Chico ao Rio Grande do Norte. A porta de entrada desse ramal será o município de Major Sales de onde seguirá para o Rio Apodi e será interligada aos reservatórios de Pau dos Ferros e Santa Cruz, ampliando a oferta hídrica e proporcionando o desenvolvimento.

“São obras de suma importância para o Rio Grande do Norte. Em breve a água vai chegar ao Estado ainda este ano, proporcionando o desenvolvimento da nossa região e dando segurança hídrica. Vai beneficiar mais de 200 mil pessoas. Estamos muito satisfeitos com o que estamos vendo. As obras estão andando e vão contribuir no seu todo para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte”, disse o deputado Galeno Torquato.

O ramal denominado de Apodi/Salgado faz parte da última etapa do Projeto de integração e terá 115,3 quilômetros de extensão que beneficiará 750 mil pessoas em 48 cidades. De acordo com o projeto, a água será transportada por gravidade a partir do reservatório Caiçara, também na paraíba, até o reservatório Angicos, no Rio Grande do Norte. A partir do km 26 dessa última estrutura da transposição haverá derivação para o ramal do rio Salgado, levando água para o estado do Ceará.

“Essa uma grande obra. Um sonho de mais de século. Estamos muito felizes com a proximidade de conclusão e chegada da água do São Francisco ao Rio Grande do Norte. A nossa luta é para que isso aconteça”, disse o deputado Francisco do PT.

Em seguida os deputados visitaram as obras de construção do anel que interligará os reservatórios Caiçara e Engenheiro Ávidos, no município de Cajazeiras-PB.

O deputado Coronel Azevedo também destacou essas obras que estão sendo realizadas pelo Governo Federal, beneficiando Estados do Nordeste e notadamente o Rio Grande do Norte.

“Água é vida. E por onde ela passa proporciona o desenvolvimento sócio-econômico do seu povo. Estamos muito satisfeitos com a forma como os trabalhos estão sendo realizados para levar a água do são Francisco possibilitando a segurança hídrica do nosso povo”, destacou.

O final da visita técnica ocorreu no reservatório Boa Vista com capacidade para 360 milhões de metros cúbicos, em São José de Piranhas. O Eixo Norte é formado por 5 trechos de obras. Inicia-se com a captação no Rio São Francisco, localizada após o Reservatório de Sobradinho e a montante da Ilha Assunção, próximo a Cabrobó (PE).

Crédito da Foto: João Gilberto


Redes Sociais

djaildo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *